30 de junho de 2007

Pelé e Roberto...

Rei do futebol e da música, Pelé e Roberto, numa premiação em 1979...

Fera Ferida - 1982

video

29 de junho de 2007

Roberto Carlos e os Trapalhões... xD











Uma foto muito engraçada, pra descontrair... Zacarias, Dedé, Rei, Didi e Mussum... grandes ídolos populares no ano de, como podem ver, 1979... eles faziam muitas paródias das músicas de Roberto geralmente era
Didi a cantar, e uma das mais clássicas foi essa... "Amante à moda antiga".

28 de junho de 2007

Roberto Carlos e Antônio Marcos =)


Roberto Carlos e Antônio Marcos em 72... "Toninho" foi um grande músico, embora não seja muito lembrado... O Rei lançou-o em 1968, compondo o bom rock "Eu tenho um amor melhor que o seu"... seu maior sucesso como compositor foi na voz do Rei, a clássica Como Vai Você?... Fez a Música Gaivotas em homenagem à Roberto...

27 de junho de 2007

Roberto Carlos e Tom Jobim

O Rei e O Maestro, Roberto Carlos e Antonio Carlos Jobim, no especial de 1979 (Tom participou também no ano de 1985)... Tom no piano, Rei no microfone, tem coisa melhor? só se Chico estivesse junto... Tom jobim foi um dos grandes admiradores e "defensores" de Roberto Carlos, um dia ele pronunciou uma frase que traduz tudo: "Ele é o Rei! Vox Populi, Vox Dei!"... voz do povo é a voz de Deus, tá certo ele né?... eles cantaram, entre outras, essa obra-prima...


LIGIA - Tom Jobim e Chico Buarque

Eu nunca sonhei com você
Nunca fui ao cinema
Não gosto de samba
Não vou a Ipanema
Não gosto de chuva
Nem gosto de sol.

E quando eu lhe telefonei
Desliguei, foi engano
O seu nome eu não sei
Esqueci no piano
As bobagens de amor
Que eu iria dizer.

Não, Ligia, Ligia.

Eu nunca quis tê-la ao meu lado
Num fim de semana
Um chope gelado
Em Copacabana
Andar pela praia até o Leblon.

E quando eu me apaixonei
Não passou de ilusão
O seu nome rasguei
Fiz um samba-canção
Das mentiras de amor
Que aprendi com você.

Ligia, Ligia...

E quando você me envolver
Nos seus braços serenos
Eu vou me render
Mas seus olhos morenos
Me metem mais medo
Que um raio de sol.

Ligia, Ligia...

Louco por você (1961)

Um divertido tcha-tcha-tcha, versão de um sucesso de época. O destaque ganho como faixa título se justifica pelo refrão: "Lou-co, lou-co, louco por você...", delicioso e de fácil memorização. Nooossssaaaa.... Must... Muito bom de fato. Ele se esboça o que seria: um Rei. Canta docemente e de modo solto e livre. Mulherengo feito ele só - mas sempre discretamente.
Louco por você (Careful Careful) (Vance/Pockriss)

Beija meu amor
Seu beijo todo dia eu quero ter
Sou cada vez mais louco
Louco, louco por você
Carinhos meu amor
Eu tenho pra lhe dar e quero ser
Muitas vezes mais louco
Louco, louco por você

Eu quero gritar para o mundo ouvir
Como sou feliz assim
Vivo a cantar, vivo a sorrir
Com o amor que vai dentro de mim

Saiba meu amor
A vida inteira eu quero viver
Dizendo que sou louco
Louco, louco por você

Beija meu amor
Seu beijo todo dia eu quero ter
Sou cada vez mais louco
Louco, louco por você

Carinhos, meu amor
Eu tenho pra lhe dar e quero ser
Muitas vezes mais louco
Louco, louco por você

Eu quero gritar
Para o mundo ouvir como sou feliz assim
Vivo a cantar, vivo a sorrir
Com o amor que vai dentro de mim

Saiba meu amor
A vida inteira eu quero viver
Dizendo que sou louco
Louco, louco por você
Louco por você, Louco por você

Carinhos, meu amor
Eu tenho pra lhe dar e quero ser
Muitas vezes mais louco
Louco, louco por você

Eu quero gritar
Para o mundo ouvir como sou feliz assim
Vivo a cantar, vivo a sorrir
Com o amor que vai dentro de mim

Saiba meu amor
A vida inteira eu quero viver
Dizendo que sou louco
Louco, louco por você
Louco por você, Louco por você
Louco por você, Louco por você

- {Blog das línguas} - www.henryross.com.br

26 de junho de 2007

Roberto Carlos e Simone


Roberto Carlos e Simone em 1984... Ela foi ao especial do Rei em 1989, e lá disse: "Roberto hoje você está realizando dois dos meus sonhos: um como cantora, outro como mulher"... algo a acrescentar? cantaram essa entre outras, um clássico da MPB

Roberto Carlos e Xuxa - Estrela Guia

video

25 de junho de 2007

Roberto Carlos "El tarde vi llover"

Roberto Carlos se apresenta neste show... Cantando "Esta Tarde vi llover"....


Esta tarde vi llover
Vi gente correr
Y no estabas tu.

La otra noche vi brillar
Un lucero azul
Y no estabas tu.

La otra tarde vi que un ave enamorada
Daba besos a su amor ilusionada..y no estabas.

Esta tarde vi llover
Vi gente correr
Y no estabas tu.

El otoño vi llegar
Al mar oi cantar
Y no estabas tu.

Yo no se cuanto me quieres
Si me extrañas o me engañas.

Solo se que vi llover
Vi gente correr
Y no estabas tu.

Yo no se cuanto me quieres
Si me extrañas o me engañas

Solo se que vi llover
Vi gente correr
Y no estabas tu.


Estimados amigos le aviso que les envio estas letras desde michoacan,mexico.
No puse los datos exactos porque no hay manera ya que en las opciones no tomaron en cuenta que aca tambien habemos personas que queremos y admiramos y extrañamos a roberto carlos.
Gracias por esta oportunidad mi nombre es juan m.martinez cervantes.

24 de junho de 2007

Roberto Carlos e Vinícios de moraes...


O Rei e O Poeta, Roberto Carlos e Vinícius de Moraes, outra foto raríssima... O pessoal "de classe", nessa época, não curtia Roberto... mas com o tempo foram assimilando sua arte, e ele também entrou nesse mesmo patamar... aí vai uma música das melhores da dupla Tom & Vinícius, que o rei fez versão para o español...

INSENSATEZ - Tom Jobim e Vicícius de Moraes

A insensatez que você fez
Coração mais sem cuidado
Fez chorar de dor o seu amor
Um amor tão delicado

Ah, por que você foi fraco assim
Assim tão desalmado
Ah, meu coração, quem nunca amou
Não merece ser amado

Vai, meu coração, ouve a razão
Usa só sinceridade
Quem semeia vento, diz a razão
Colhe sempre tempestade

Vai, meu coração, pede perdão
Perdão apaixonado
Vai, porque quem não pede perdão
Não é nunca perdoado

23 de junho de 2007

Roberto Carlos e Francis Sinatra..


O REI e A VOZ! sem mais palavras... Francis Albert Sinatra recebeu o apelido "The Voice", por que será? Porque ninguém em tempo algum teve uma voz como a dele... o melhor cantor do mundo em todos os tempos, sem sombra de dúvidas... essa foto é do show que ele realizou no Maracnã, em 1981, onde o nosso rei tratou de ir prestigiar seu ídolo...

Roberto Carlos "El Progresso"

Es la canción de El Progreso con imágenes que le puse, tambien le agrege la letra.

Esta é uma canção de Roberto Carlos com imagens reais e que tem tudo a ver com a letra.

22 de junho de 2007

1984 - Roberto Carlos chanté en Français

Emoções - 1981

video

Roberto Carlos canta "Emoções" no teatro municipal de São Paulo no RC Especial de 1981.

21 de junho de 2007

Roberto com Elis Regina... 3ª



Uma foto de 1967... não sei se eles estavam analisando uma música, mas é mais um momento de amizade entre os dois...

20 de junho de 2007

Ele está pra chegar

video

Roberto com Elis Regina.... 2ª

Outra foto dos dois cantores que foram (são) os maiores ídolos do país no segmento... essa é mais rececnte que a de ontem, 1974... Eles se davam bem realmente... aí vai a música que lançou Raimundo Fagner e Antônio Carlos Belchior, música que tanto a Elis quanto o rei gravaram...


MUCURIPE - Fagner e Belchior

As velas do Mucuripe

Vão sair para pescar

Vou levar as minhas mágoas

Pras águas fundas do mar

Hoje à noite namorar
Sem ter medo da saudade
E sem vontade de casar

Calça nova de riscado
Paletó de linho branco
Que até o mês passado
Lá no campo ainda era flor

Sob o meu chapéu quebrado
O sorriso ingênuo e franco

De um rapaz novo e encantado

Com vinte anos de amor


Aquela estrela é dela
Vida, vento, vela leva-me daqui
Aquela estrela é dela
Vida, vento, vela leva-me daqui

19 de junho de 2007

Olhando Estrelas (1961)

Versão da balada "Look for a Star", sucesso entre adolescentes, nos primórdios do rock, na voz do cantor Garry Miles. Bela gravação do Rei (ainda sem o título de nobreza). Jovem, sua voz vai ideal aos jovens da época. Já se mostrava Roberto um tímido, filho preferido das mamães e até um tom domesticado na voz. Nosssaaaa.... Como eu procuro compreender o Rei, mesmo quando ele proibibe um otimo trabalho de tese de doutorado como é a biografia sobre ele.

Olhando Estrelas (Antony)

Duas noites são teus lindos olhos
Onde estrelas estão a brilhar
Que ternura olhar mil estrelas
Em teu olhar
Quero a noite dos teus lindos olhos
Onde sempre existe luar
Olho a noite e só vejo estrelas
Em teu olhar

Eu viverei, oh, meu grande amor
Luz dos olhos meus
Pra ser para sempre o teu cantor
Cantor do céu dos olhos teus

Duas noites são teus lindos olhos
Onde estrelas estão a brilhar
Que ternura olhar mil estrelas
Em teu olhar

Quero a noite dos teus lindos olhos
Onde sempre existe luar
Olho a noite e vejo estrelas
Em teu olhar
Em teu olhar
Em teu olhar.

- {Blog das línguas} - www.henryross.com.br

Roberto com Elis Regina....


Elis Regina com Roberto Carlos, nos anos 60. Eles discutiam às vezes devido aos programas que comandavam - Ela, O Fino da Bossa, Ele, Jovem Guarda... Mas, como a foto mostra, eles se davam bem... Elisinha e Betão, bela dupla!!!...

Detalles - 1989

video

18 de junho de 2007

Linda (1961)

Este tcha-tcha-tcha traz os backing-vocals mais divertidos do disco Louco por você: "iá-iá-iá-iá... iá-iá..."

Linda (Carlos Imperial/Bill Caesar)

Linda, oh, Linda
Com você vivo a sonhar
Linda, oh, Linda
Só você eu hei de amar
Linda, oh, Linda
Vivo triste a esperar
Linda, oh, Linda
Que você me queira amar

Naquele momento em que você me beijou
A Terra tremeu e a vida parou
Meu sangue ferveu e a cabeça girou
E o meu coração queimou

Linda, oh, Linda
Com você vivo a sonhar
Linda, oh, Linda
Só você eu hei de amar

Linda, oh, Linda
Vivo triste a esperar
Linda, oh, Linda
Que você me queira amar

Naquele momento em que você me beijou
A Terra tremeu e a vida parou
Meu sangue ferveu e a cabeça girou
E o meu coração queimou

Linda, oh, Linda
Com você vivo a sonhar
Linda, oh, Linda
Só você eu hei de amar

- {Blog das línguas} - www.henryross.com.br

Roberto Charles Chaplin... xD


Hoje vai uma homenagem de Rei para Rei, o da Música Brasileira para o do Cinema: Carlitos, o revolucionário... essa foto é de 1981, especial daquele ano... vai aí a versão original do clássico de Chaplin (que o Rei gravou versão em espanhol)

SMILE - Charles Chaplin/John Turner/Geofrey Parsons

Smile, though your heart is aching.
Smile, even though it`s breaking.
Though there are clouds in the sky, you get by...
If you smile through your fears and sorrows.
Smile and maybe tomorrow
You`ll see the sun come shining through.

If you just light up your face with gladness,
Hide every trace of sadness.
Although a tear may be ever, ever so near.

That`s the time you must keep on trying.
Smile, what`s the use of crying?
You`ll find life is still worthwhile
If you`ll just smile, come on and smile

If you just smile

17 de junho de 2007

Roberto Carlos "De Repente el Amor"...

Do álbum Es facil amar (1985), de Albert Hammond e Anahi Van Zandwedhe.

Lançado no Brasil em abril de 1986.
A mesma melodia foi usada para a música There may be, numa versão em inglês.

O disco Es Facil Amar, da cantora Lani Hall (A&M Records, 1985) foi produzido por Albert Hammond, que já produziu alguns discos do Julio Iglesias, e conta com arranjos de Michel Colombier e Randy Kerber, dois maestros que também já trabalharam com o Julio.

A música De Repente el Amor, em dueto com Roberto Carlos, tem arranjo de Randy Kerber. Entre os trabalhos mais conhecidos de Randy Kerber, estão os arranjos de Me Va, Me Va e If, gravados pelo cantor espanhol.

O disco foi gravado no estúdio B da A&M Records e mixado nos estúdio A. A voz do Roberto foi gravada no estúdio Sigla, da Somlivre, no Rio de Janeiro. A ficha técnica do disco faz agradecimento a Mauro Motta, por sua colaboração.

DE REPENTE EL AMOR

Roberto Carlos
Ocurrió de pronto un día
Como ocurren los milagros
Nuestros ojos se encontraron
Y se hablaron sin hablar

Lani Hall
Todo el mundo parecía
Al alcance de la mano
Y con sólo una sonrisa
Me invitaste a caminar

Roberto Carlos e Lani Hall
De repente el amor como rayo en la oscuridad
Una dulce locura sin explicación
Un te quiero y un beso y un sueño para estrenar
Un minuto fatal de repente el amor

Roberto Carlos
Fueron tantas madrugadas
Tantas risas en el viento
Tantas noches desveladas
Descubriéndonos tú y yo

Lani Hall
Fueron tantas las miradas
Entendiéndose en silencio
Siempre sobran las palabras
Cuando habla el corazón

Roberto Carlos e Lani Hall
De repente el amor como rayo en la oscuridad
Una dulce locura sin explicación
Un te quiero y un beso y un sueño para estrenar
Un minuto fatal de repente el amor

Roberto Carlos
Si éste amor es sólo un sueño
Es fantástico soñar
Y en tus brazos despertar

Roberto Carlos e Lani Hall
De repente el amor como rayo en la oscuridad
Una dulce locura sin explicación
Un te quiero y un beso y un sueño para estrenar
Un minuto fatal de repente el amor

Roberto Carlos e Lani Hall
De repente el amor como rayo en la oscuridad
Una dulce locura sin explicación
Un te quiero y un beso y un sueño para estrenar
Un minuto fatal de repente el amor

RC - O Calhambeque... (Momentos do Rei)


Hoje vai uma foto de 1965, auge da Jovem Guarda e da onda do brinquedo na mão do Rei...

O CALHAMBEQUE (Road Hog) - versão de Erasmo Carlos

Essa é uma das muitas histórias que acontecem comigo
Primeiro foi Susie, quando eu tinha lambreta
Depois comprei um carro, parei na contra-mão
Tudo isso sem contar o tremendo tapa que eu levei
Com a história do Splish splash
Mas esta história também é interessante

Mandei meu Cadillac pro mecânico outro dia
Pois há muito tempo um conserto ele pedia
E como vou viver sem um carango pra correr
Meu Cadillac, bib, bip
Quero consertar meu Cadillac

Com muita paciência o rapaz me ofereceu
Um carro todo velho que por lá apareceu
Enquanto o Cadillac consertava eu usava
O calhambeque, bib, bip
Quero buzinar o calhambeque

Saí da oficina um pouquinho desolado
Confesso que estava até um pouco envergonhado
Olhando para o lado com a cara de malvado
O calhambeque, bib, bip
Buzinei assim o calhambeque

E logo uma garota fez sinal para eu parar
E no meu calhambeque fez questão de passear
Não sei o que pensei mas eu não acreditei
Que o calhambeque, bib, bip
O broto quis andar no calhambeque

E muitos outros brotos que encontrei pelo caminho
Falavam que estouro, que beleza de carrinho
E fui me acostumando e do carango fui gostando
O calhambeque, bib, bip
Quero conservar meu calhambeque

Mas o Cadillac finalmente ficou pronto
Lavado, consertado, bem pintado, um encanto
Mas meu coração na hora exata de trocar
O calhambeque, bib, bip
Meu coração ficou com o calhambeque

Bem, vocês me desculpem, mas agora eu vou me embora
Existem mil garotas querendo passear comigo
Mas é tudo por causa do calhambeque, sabe
Bye, bye, bye

16 de junho de 2007

RC - Eu sou terrível... (Momento do Rei)

1967, Roberto nos estúdios... ano de lançamento do filme EM RITMO DE AVENTURA... a música é uma "auto-biografia" do rei naquela época... Jô Soares uma vez disse: "Essa música tocava tanto naquela época que eu achava que o terrível era eu....

EU SOU TERRÍVEL - Roberto & Erasmo

Eu sou terrível e é bom parar
De desse jeito me provocar
Você não sabe de onde eu venho
O que eu sou e o que tenho
Eu sou terrível, vou lhe dizer
Que ponho mesmo pra derreter

Estou com a razão no que digo
Não tenho medo nem do perigo
Minha caranga é máquina quente
Eu sou terrível, e é bom parar
Porque agora vou decolar
Não é preciso nem avião
Eu vôo mesmo aqui do chão

Eu sou terrível, vou lhe contar
Não vai ser mole me acompanhar
Garota que andar do meu lado
Vai ver que eu ando mesmo apressado
Minha caranga é máquina quente
Eu sou terrível, eu sou terrível

Eu sou terrível e é bom parar
De desse jeito me provocar
Você não sabe de onde eu venho
O que eu sou e o que tenho
Eu sou terrível, vou lhe dizer
Que ponho mesmo pra derreter

Estou com a razão no que digo
Não tenho medo nem do perigo
Minha caranga é máquina quente
Eu sou terrível, Eu sou terrível

Eu sou terrível

15 de junho de 2007

Robertinho... !! =)


Esse não é o Robertão, mas o Robertinho, heheh...

Foi nessa época que ele começou a cantar, a primeira música (que lhe rendeu um monte de balas na Rádio Cachoeiro) que ele cantou foi "Amor y más Amor", um bolero, gênero que o rei tanto gosta...


El gato que está triste y azul - 1973

video

14 de junho de 2007

13 de junho de 2007

11 de junho de 2007

A guerra dos meninos - 1986

video

Roberto Carlos canta a musica "A guerra dos meninos" no final do programa RC Especial em 1986, apelando à desigualdade e ao desamparo das crianças carentes.

Roberto Carlos "Detalles"

Roberto Carlos em um show no Chile no ano de 1994. Cantando "Detalles"...

No ganas al intentar... el olvidarme
Durante mucho tiempo en tu vida,
Yo voy a vivir
Detalles tan pequeños de los dos,
Son cosas muy grandes para olvidar
Y a toda hora van estar presentes,
Ya lo verás.

Si otro hombre apareciera,
Por tu ruta,
Y esto te trajese recuerdos míos...
La culpa es tuya.

El ruido enloquecedor de su auto
Será la causa obligada o algo así,
Inmediatamente tú vas... a acordarte de mí.

Yo se que otro debe estar hablando, a tu oído
Palabras de amor como yo te hablé mas yo dudo
Yo dudo que el tenga tanto amor y hasta la forma de mi decir
Y en esta hora tú vas... a acodarte de mí.

En la noche envuelta en el silencio de tu cuarto
Antes de dormir tú buscas mi retrato
Pero aún cuando no quisieras verme sonreír
Tú ves mi sonrisa lo mismo así
Y todo esto va hacer que tú, te acuerdes de mí.

Se alguien tocase tu cuerpo como yo, no digas nada
No vayas a decir mi nombre sin querer a la persona errada
Pensando en el amor de ese momento
Desesperada no sé intentar llegar al fin.
Y hasta en este momento tú irás a acordarte de mí.

Yo se que mientras existamos... recordaremos
Y que el tiempo transforma todo amor... en casi nada
Más casi yo me olvido de un gran detalle
Un gran amor no va a morir así
Por eso de vez en cuando tú vas, vas acordarte de mí.

No ganas nada con intentar... el olvidarme
Durante mucho, mucho tiempo en tu vida,
Yo voy a vivir
No, no, no ganas nada con intentar
De olvidar...

10 de junho de 2007

Desabafo - 1979

video

1980 - Roberto Carlos canta sus grandes exitos


Data de lançamento: 1980

Lado A
Un gato en la oscuridad
Detalles
La distancia
Que será de ti
Jesucristo

Lado B
El dia que me quieras
La montaña
Yo quiero amigos
Lady laura

9 de junho de 2007

7ª Parte – RC- Luciana, a 2º filha, o 3º filme e Detalhes


A CARREIRA INTERNACIONAL


Vários países sul e centro-americanos tomavam, aos poucos, conhecimento de seu trabalho musical. Seus discos lançados em todos os mercados alcançavam boas colocações nas paradas de sucesso.

NASCE LUCIANA
Nasce sua segunda filha, Luciana Braga, dia 6 de março.

Roberto lança seu 2 filme.

A 300 Km por hora

NOVO ALBUM ANUAL

Detalhes, Amada amante e Debaixo dos caracóis dos seus cabelos foram os destaques de seu novo LP, ao lado de Como dois e dois, que Caetano Veloso compôs especialmente para Roberto. Detalhes viria se tornar o maior sucesso de execução nas rádios do Brasil.

O MAIOR VENDEDOR DE DISCOS

Já nessa época, Roberto Carlos era o artista brasileiro que mais discos vendia, recebendo discos de ouro a cada novo lançamento. Os sucessos continuavam, um após outro, a ocupar os primeiros lugares na preferência do público.

A ITALIA SE RENDE AO REI

Além de Ornella Vanoni que chega ao primeiro lugar nas paradas européias com músicas como Sentado à beira do caminho, Detalhes e À Distância, gravadas em italiano, Roberto conquista os italianos com suas canções.

NOVO ALBUM ANUAL

Cercado de grande expectativa, chega às lojas seu novo LP, trazendo, entre outras, as músicas Como vai você, A montanha, A Distância e Quando as crianças saírem de férias, além de Acalanto, de Dorival Caymmi. Na canção O Divã, também incluída neste disco, Roberto faz um desabafo pessoal, retratando seus problemas a um analista.

SUCESSO MUNDIAL

Em todos os países de língua espanhola da América, da Europa e em outros continentes, as canções e a voz de Roberto Carlos torna-se sucessos populares e várias delas vão sendo regravadas em diversos idiomas, nos mais distantes pontos do mundo.

SHOW NO CANECÃO

Em novembro estréia "Além da Velocidade", seu novo show no Canecão, com produção da dupla Miéle-Bôscoli. Casa lotada todos os dias, ingressos esgotados com semanas de antecedência.

NOVO ALBUM ANUAL

Roberto lança no fim do ano, o álbum que traria as canções A cigana, Proposta, O moço velho e El dia que me quieras, entre outros sucessos que ocupariam os primeiros lugares das paradas durante todo o ano seguinte.

CANECÃO: SUCESSO ABSOLUTO

O ano se inicia sob o imenso sucesso que Roberto Carlos alcança em sua temporada no Canecão com o show "Além da Velocidade", acompanhado por uma grande orquestra regida pelo maestro Chiquinho de Moraes, que se encerraria em fevevereiro.

PROPOSTA: A PRIMEIRA PICANTE

Roberto Carlos se transforma no grande mito da música brasileira. Um fenômeno musical que será difícil se repetir no Brasil. Ninguém consegue ser tão popular e ter sua obra conhecida, cantarolada e apreciada nos mais diferentes pontos do país. Os compromissos internacionais começam a se intensificar.

Com o título de "Conserto", Roberto estréia em novembro outro show no Canecão, em uma temporada que duraria até maio do ano ano seguinte. Novamente, casa lotada, ingressos esgotados antecipadamente.

NOVO ALBUM ANUAL

Em seu novo LP, ele recria Quero que vá tudo pro inferno e lança novos sucessos: Além do horizonte, O quintal do vízinho e Elas por elas, além de cantar em espanhol as músicas Inolvidable e El Humahuasqueño.

O ESPECIAL DE FIM DE ANO

Seu especial para a TV, exibido no dia 24 de dezembro bate mais uma vez o recorde de audiência do horário.

6ª Parte - RC - deixa a "Jovem Guarda" e demonstra sua religiosidade...

A glória de San Remo, o casamento com Nice e a despedida da Jovem Guarda.

VITÓRIA EM SAN REMO

Dando um maior impulso internacional à sua carreira, Roberto vai à Itália e volta vencedor do Festival de San Remo, com a música Canzone Per Te, de Sérgio Endrigo e Bardotti. Ele foi o único estrangeiro a conseguir essa façanha. Na volta ao Brasil, 10.000 pessoas foram recebê-lo no aeroporto.

ROBERTO APRESENTA NICE

Roberto apresenta sua noiva ao mundo. Cleonice Rossi, a Nice, é a dona do coração do Rei. Numa entrevista exclusiva à uma revista, Nice afirma "Quando voltarmos da Europa, começaremos nova vida, sem a preocupação de sermos surpreendidos ou fotografados".

ROBERTO DEIXA A JOVEM GUARDA

O último programa sob o comando do Rei foi ao ar no dia 17 de Janeiro. Roberto decidiu alavancar sua carreira internacional, deixando de ser um ídolo da música jovem para ser um astro da música brasileira. Após a exibição deste programa, Roberto, Erasmo e Wanderléa choraram abraçados. A partir deste dia, o programa passaria a ser comandado por Erasmo e Wanderléa. A saída de Roberto provoca uma queda de 18% no IBOPE. O programa terminaria quatro meses depois (Maio). Voltaria com outro nome (Tremendão e Ternurinha) e duraria mais 5 meses, terminando definitivamente em outubro. Conheça melhor o que foi o Programa Jovem Guarda nesta reportagem.

ESTRÉIA DO FILME

Em abril estréia nas telas dos cinemas de todo o Brasil, Roberto Carlos em Ritmo de Aventura. É a primeira aparição de Roberto ao lado de sua noiva em público. O filme irá se tornar recordista de bilheteria naquele ano.

CANÇÃO INÉDITA

Roberto grava um compacto com a canção "L'ultima cosa", fora de catálogo e rara entre os colecionadores.

NOVOS PROGRAMAS NA TV

Roberto começa a apresentar alguns programas na TV eventualmente: Roberto Carlos à Noite e Opus 7 (Record), Roberto Carlos-68 e Todos os Jovens do Mundo (Tupi). Nenhum destes programas foram a frente.

O CASAMENTO COM NICE ROSSI

A maior notícia do ano: Roberto viaja à Bolívia e casa-se com Cleonice Rossi, a Nice, na cidade de Santa Cruz de La Sierra. 10 horas da manhã do dia 10 de maio de 1968. A imprensa do mundo inteiro estava presente para registrar o fato. Roberto se casa na Bolívia em função da Nice ser desquitada e o divórcio ainda não existir no Brasil. A Rádio Globo transmitiu a cerimônia ao vivo. Após ocasamento, o casal seguiu para os Estados Unidos em Lua de Mel.

O NOVO DISCO

No final do ano, é lançado pela CBS o LP O Inimitável, que recebeu este nome em resposta aos inúmeros imitadores de Roberto que começavam a surgir. O maior deles, segundo a imprensa da época injustamente noticiava, era Paulo Sergio. O disco mostra um Roberto mais romântico e menos rebelde.

Um novo estilo, um novo Roberto. Segundinho, o primeiro filho.

NAS TELAS DO CINEMA

Roberto lança um novo filme: Roberto Carlos e o Diamante Cor-de-Rosa que, como o anterior, tornou-se um dos maiores êxitos de bilheteria da época, batendo recordes de público em todo o País.

QUEM TEM MEDO DA VERDADE

Roberto já é uma figura polêmica, ídolo da juventude e participa de um programa memorável, onde é julgado pelo "crime" de usar cabelos compridos e roupas muito coloridas. Seu advogado de defesa: Silvio Santos.

NOVO ALBUM, NOVO REI

Já, então, Roberto vai se tornando um compositor e intérprete de temas românticos mais amadurecidos. Isso fica evidente em seu novo álbum, onde os maiores destaques foram as músicas As flores do jardim da nossa casa, Sua estupidez e As curvas da estrada de Santos.

SEGUNDINHO, O PRIMEIRO FILHO

Em 14 de dezembro, nasce Roberto Carlos Braga Segundo, o Segundinho, hoje carinhosamente chamado de Dudu, o primeiro filho do Rei, fruto do casamento com Nice Rossi.

Jesus Cristo!
Surge um Rei religioso

A ESTRÉIA NO CANECÃO

Uma virada em sua carreira: sua primeira temporada no Canecão (Rio), cantando seus mais recentes sucessos, como As curvas da estrada de Santos e 120, 150, 200 km por hora, além de relembrar toda sua carreira num potpourri muito especial que começava com O Calhambeque. O show teve direção e roteiro de Miéle e Bóscoli e alcançou um enorme sucesso.

NOVO ALBUM ANUAL

Seu novo LP traria duas músicas absolutamente mercantes: Meu pequeno Cachoeiro, de Raul Sampaio, que ele gravou em homenagem à sua cidade natal, e Jesus Cristo - uma autêntica explosão de sucesso que mudaria definitivamente a imagem de Roberto Carlos perante o público brasileiro.

CANÇÃO INÉDITA

Grava um compacto simples com a música A palavra adeus, hoje fora de catálogo. Esta canção foi incluída também na coleção As 14 Mais da CBS.

Roberto Carlos "Desahogo"...

Roberto Carlos canta "Desahogo" em 1979...



Por que me arrastro a tus pies
Por que me doy tanto a ti
Y por que no pido nunca
Nada a cambio para mi
Por que me quedo callado
Cuando me sabes herir
Con todos esos reproches
Que no merezo de ti

Por que en la cama doy vueltas
Mientras tú finges dormir
Pero si quieres, yo quiero
Y no consigo fingir

Te has convertido en la punta
Que clava mis sentimientos
Te has convertido en la sonda
Mas triste de mis lamentos

Pero resulta que yo
Sin ti no sé lo que hacer
A veces me desahogo
Me desespero porque

Tú eres el grave problema
Que yo no sé resolver
Y acabo siempre en tus brazos
Cuando me quieres tener

Tu eres el grave problema
Que yo no sé resolver
Y acabo siempre en tus brazos
Cuando me quieres tener.

8 de junho de 2007

Roberto Carlos "Detalhes"...

Roberto Carlos canta "Detalhes" no acústico 2001...

Não adianta nem tentar me esquecer
Durante muito tempo em sua vida eu vou viver
Detalhes tão pequenos de nós dois
São coisas muito grandes pra esquecer
E a toda hora vão estar presentes... você vai ver

Se um outro cabeludo aparecer na sua rua
E isso lhe trouxer saudades minhas, a culpa é sua
O ronco barulhento do seu carro
A velha calça desbotada ou coisa assim
Imediatamente você vai... você vai lembrar de mim

Eu sei que um outro deve estar falando ao seu ouvido
Palavras de amor como eu falei, mas eu duvido
Duvido que ele tenha tanto amor
E até os erros do meu português ruim
E nessa hora você vai... você vai lembrar de mim

A noite envolvida no silêncio do seu quarto
Antes de dormir você procura o meu retrato
Mas da moldura não sou eu quem lhe sorri
Mas você vê o meu sorriso mesmo assim
E tudo isso vai fazer você... você lembrar de mim

Se alguém tocar seu corpo como eu, não diga nada
Não vá dizer meu nome sem querer à pessoa errada
Pensando ter amor nesse momento
Desesperada, você tenta até o fim
Mas até nesse momento você vai... você vai lembrar de mim

Eu sei que esses detalhes vão sumir na longa estrada
Do tempo que transforma todo amor em quase nada
Mas quase também é mais um detalhe
Um grande amor não vai morrer assim
Por isso, de vez em quando você vai... você vai lembrar de mim

Não adianta nem tentar me esquecer
Durante muito, muito, muito tempo em sua vida eu vou viver
Não adianta nem tentar me esquecer
Não, não...

7 de junho de 2007

Encarte Japonês....

Roberto Carlos no Japão:

Roberto Carlos "Detalhes"...

Roberto Carlos cantando "Detalhes" no RC Especial de 1995...



Não adianta nem tentar me esquecer
Durante muito tempo em sua vida eu vou viver
Detalhes tão pequenos de nós dois
São coisas muito grandes pra esquecer
E a toda hora vão estar presentes... você vai ver

Se um outro cabeludo aparecer na sua rua
E isso lhe trouxer saudades minhas, a culpa é sua
O ronco barulhento do seu carro
A velha calça desbotada ou coisa assim
Imediatamente você vai... você vai lembrar de mim

Eu sei que um outro deve estar falando ao seu ouvido
Palavras de amor como eu falei, mas eu duvido
Duvido que ele tenha tanto amor
E até os erros do meu português ruim
E nessa hora você vai... você vai lembrar de mim

A noite envolvida no silêncio do seu quarto
Antes de dormir você procura o meu retrato
Mas da moldura não sou eu quem lhe sorri
Mas você vê o meu sorriso mesmo assim
E tudo isso vai fazer você... você lembrar de mim

Se alguém tocar seu corpo como eu, não diga nada
Não vá dizer meu nome sem querer à pessoa errada
Pensando ter amor nesse momento
Desesperada, você tenta até o fim
Mas até nesse momento você vai... você vai lembrar de mim

Eu sei que esses detalhes vão sumir na longa estrada
Do tempo que transforma todo amor em quase nada
Mas quase também é mais um detalhe
Um grande amor não vai morrer assim
Por isso, de vez em quando você vai... você vai lembrar de mim

Não adianta nem tentar me esquecer
Durante muito, muito, muito tempo em sua vida eu vou viver
Não adianta nem tentar me esquecer
Não, não...

5ª Parte - RC - começa a fabulosa "Jovem Guarda"...

SEGUINDO A LINHA DE SHOWS

Roberto segue fazendo shows pelo interior, evitando um pouco a TV por acreditar que ela desgasta um pouco a imagem do artista. Segue firme na produção de seu novo disco a ser lançado

NOVO DISCO

Roberto lança de album anual com o título RC Canta para a juventude, tendo como destaque A história de um homem mau, uma versão de Louis Armstrong. Só que mais tarde, a canção que iria estourar nas paradas seria Não quero ver você triste.

PROGRAMA JOVEM GUARDA

Motivado pela proibição da transmissão dos jogos de futebol ao vivo, em agosto, a TV Record resolve colocar no ar no dia 22 às 16:30 Hs o Programa Jovem Guarda, comandado por Roberto Carlos, dirigido ao público Jovem.

SUCESSO DE AUDIÊNCIA

As filas na porta do Teatro Record em São Paulo eram quilométricas, formadas por jovens entre 12 a 20 anos. Na estréia participaram: Tony Campello, Wanderléa, Rosemary, Ronnie Cord, The Jet Blacks, Erasmo Carlos e Prini Lorez. O programa atingiria picos enormes de audiência, chegando até mesmo a bater o poderoso programa "Musica e Alegria" comandado por Silvio Santos na TV Globo.

DELÍRIO DOS FÃS

Para sair do Teatro, os artista tinham que enfrentar verdadeira batalha. Em certa ocasião Roberto ficou todo arranhado e quase ficou nu, fugindo em fusca, enquanto mais de 30 meninas ficaram brigando pelo que restou de sua camisa.

SUCESSO NO EXTERIOR

A versão em espanhol de O Calhambeque atinge o terceiro lugar nas parades de sucesso na Argentina e Roberto começa a se tornar famoso fora das fronteiras do Brasil.

A CANDINHA

A coluna da Candinha na Revista do Rádio irrita o Rei e ele resolve fazer uma canção em protesto bem humorado contra a coluna para lançar em seu próximo disco.

APRESENTAÇÕES NA ARGENTINA

Em outubro, Roberto vai à Argentina e se apresenta na TV Argentina e faz shows em 10 clubes portenhos. Visando proteger seus direitos de imagem, cria a Calhambeque Produções, especializada na promoção de artistas, shows, excursões, etc.

JOVEM GUARDA: Sucesso Absoluto

Com mais de 3 milhões de expectadores só em São Paulo, o programa foi transferido para o Teatro Paramount, sendo transmitido ao vivo para SP e em video-tape para o Rio. O sucesso é tão grande que surgem as marcas Calhambeque (Roberto), Tremendão (Erasmo) e Ternurinha (Wanderléa)

CRIA O TRADICIONAL GESTO

O tradicional movimento do corpo de reverenciar o público, mantendo o corpo curvado até que se cessem as palmas é criado pelo Rei em Dezembro deste ano.

OUTRO DISCO NO MESMO ANO

Embalado pelo programa de TV, a CBS lança o novo LP do Rei, o segundo no mesmo ano, com o título JOVEM GUARDA, trazendo uma canção polêmica: "Quero que vá tudo para o inferno". É uma revolução na linguagem da época que irá acontecer no ano seguinte.

ÍDOLO NACIONAL

Conhecido nacionalmente, super requisitado para shows, líder de audiência na TV, primeiro lugar nas paradas de sucesso, Roberto decide participar do Festival de San Remo e estrelar um longa-metragem. De cada 10 revistas de música, TV ou rádio nas bancas, 9 trazem sua foto na capa. Mantendo sua paixão por carros, compra um Impala 64 cinza pérola. O programa Jovem Guarda atinge o recorde de quase 100 pontos no IBOPE.

O PREÇO DO SUCESSO

Roberto não consegue ir à lugar nenhum sem ser assediado perigosamente pelas fãs. Em Campinas(SP) e Apucarana(PR) quase foi machucado seriamente pela euforia das fãs. O comércio local tever que ser fechado para recebê-lo na cidade. O programa especial da Jovem Guarda comemorando seu aniversário, lotou o teatro com 4.500 lugares e deixou outras 4.000 do lado de fora. Quando viajou para Portugal, mais de 10.000 fãs o esperavam no aeroporto.

O HOMEM DE NEGÓCIOS

Roberto que já adquiriu uma agencia de automóveis, segue sua trilha de administrar bem seu patrimônio e entra de sociedade em uma confecção.

A MALDADE DA MÍDIA

Roberto e Erasmo se aborrecem entre si por causa de uma apresentação em um programa de TV com Wilson Simonal. O motivo é que nas canções cantadas por Erasmo, não aparecia na tela o crédito de autoria para Roberto, apenas o de Erasmo (Erasmo não conhecia o script). "Envenenado" pelos fofoqueiros de plantão, Roberto se aborreceu com Erasmo. Por pouco tempo

O TÍTULO DE REI

Em novembro, no Programa do Chacrinha, Roberto é coroado por sua mãe Lady Laura com o título "O Rei da Jovem Guarda". A partir deste dia, só se referem a ele como O Rei. Ganha também título de "Cidadão Carioca".

O NOVO DISCO

A CBS lança seu novo disco. Oito das 12 canções do disco irão para as paradas de sucesso do ano seguinte.

CONSAGRAÇÃO

Consagrada definitivamente a dupla Roberto-Erasmo como compositores de grande alcance popular, eles navegavam a todo vapor nas águas do sucesso. As canções de autoria dos dois são as mais disputados pelos jovens cantores.

O REI EMPRESÁRIO

Dois postos de gasolina em São Paulo é o novo investimento do "Rei-Empresário". Nome dos postos: ROCAR.

O POETA

Em abril, Roberto assina com a editora Jorman o lançamento de sua coleção de poesias "Poesias para a Juventude".

NO EXTERIOR

Em Portugal, eleito melhor cantor de 1966, primeiro lugar nas paradas com "Namoradinha de um amigo meu", nos Estados Unidos, seu disco "RC Brazilies Top teen Star" faz sucesso. A CBS inglesa lhe presenteia um Jaguar.

VIAJANDO O MUNDO

Portugal, Angola, Itália, Egito, Estados Unidos, Venezuela e México é o destino do Rei em junho.

DE VOLTA ÀS ORIGENS

Em julho, Roberto visita sua terra natal, Cachoeiro do Itapemirim. As festividades da cidade são antecipadas pelo prefeito só para poder recebê-lo. Desfiles de calhambeque, escolas primárias, um mar de homenagens ao filho mais ilustre da cidade.

PAZES

Roberto faz as pazes com Erasmo, cuja amizade estava rompida durante quase um ano. E para celebrar compoem juntos "Eu sou Terrível". Em setembro começas as gravações do filme dirigido por Roberto Farias: "RC em Ritmo de Aventura".

JG: O SUCESSO CONTINUA

Roberto emplaca uma música após a outra nas paradas. Tudo o que canta e diz é repetido por milhões de bocas de Norte a Sul do Brasil. Expressões como "é uma brasa, mora", "carango" e "bicho" foram incorporadas ao linguajar brasileiro. Este ano marcou também a melhor fase da Jovem Guarda. Curta aqui alguns momentos do Rei no Programa.

NICE

A imprensa notícia detalhes do namoro de Roberto com Cleonice Rossi, a Nice, sua futura esposa. Roberto a conheceu em 1965, segundo revistas da época.

NOVO DISCO

Depois de viajar para a França e apresentar-se no MIDEM, em Cannes, Roberto volta ao Brasil e lança seu novo LP que recebeu o nome de Roberto Carlos Em Ritmo de Aventura, mesmo título do filme que bateria recordes de bilheteria no ano seguinte. Neste mesmo ano grava 2 compactos simples, com as músicas "Tudo que sonhei" e "Fiquei tão triste", hoje fora de catálogo. O fim de ano é marcado pelos novos rumos que Roberto irá tomar com sua carreira no ano seguinte.

Compartilhe com seus amigos!

Related Posts with Thumbnails