31 de dezembro de 2008

ホベルト カルロス ,67歳の誕生日

Feliz Ano Novo!

(Arquivo Roberto Carlos Internacional)
Aniversário de RC - 67 anos / Lançamento de Perfume / Shows e TV na Argentina

ブラジルで「Rei=ヘイ(王)」の愛称で呼ばれる歌手ホベルト・カルロスが、先週土曜日(19日)67歳の誕生日を迎えた。

誕生日当日には彼の家の周りにファンが集まり、彼の功績をたたえ、誕生日を祝う歌を歌った。当初、ホベルトはファンの前に姿をあらわさない予定だったが、ファンの熱い声に応え、ほどなくして家のピロティー(庭)までおりてきたという。

ファンのほとんどはホベルトへのプレゼントを持ってきていて、その集団の中には、ポスターを掲げたり、アイドルのような格好をしたりと、あらゆる手を使って「ヘイ」の注意をひこうとしたものもいて、大騒ぎ。

また、ホベルトはマスコミを自宅の中に招き入れ、「ファンからたくさんの祝福を受け、幸せだ」と語った。(写真は左:ベランダから手を振るホベルト・カルロス、右:ファンがプレゼントを渡した場面)

また、17日には自身プロデュースの女性向けの香水を発表した。名前は「Emoções(エモーション)」。このプロデュースには、彼 の息子Dudu Braga(ヅヅ・ブラガ)も関わっており、ホベルトの希望である「あまり甘すぎず、やさしく、やわらかな香り」を求めて、二人で試行錯誤し、今回の製品 を完成させた。

彼の50年近い芸能人生で、自身の名前で製品を出すのは初めてのこと。

また、ホベルトは21日、アルゼンチンのテレビ局での特番を撮影し、23日から始まっているアルゼンチンでの数回のライヴに向けて準備運動を行った。

番組では5曲を演奏したあと、自分の人生と音楽家人生を始めたきっかけなどについて語った。

アルゼンチンでのコンサートは、昨日(23日)のブエノスアイレス・ルナパークでのコンサートを始め、ブエノスアイレスで3公演(23、25、26日)、コルドバで1公演行われる。

テレビ撮影もアルゼンチン入りして即始めるなど、67歳にして、まだまだ元気なヘイ。これからもさまざまな活動で、ブラジルのみならず世界の音楽シーンを盛り上げてくれることを期待したい


Vamos ver agora as relações do Rei Roberto Carlos, com o país do Sol Nascente:

1970 - Roberto Carlos chega em solo japonês pra gravar seu segundo longa-metragem "Roberto Carlos e o Diamante Cor-de-Rosa"

1970 - Seu LP "Canta para Juventude" chega ao mercado Japonês

1974 - Seu LP "História Romântica" (LP "A Cigana") é lançado no mercado Japonês.

1975 - Seu LP "Eu quero Apenas" chega ao mercado Japonês

1981 - O LP "As Baleias" chega ao mercado Japonês

30 de dezembro de 2008

RC e Ultrage a Rigor - 1985

video

29 de dezembro de 2008

Corazón (Coração)



Corazón (Coração) - 1985
Roberto Carlos - Erasmo Carlos (Oscar Gómez)

Habla corazón por mí
De tanto amor que di
De todo ese dolor
Otros corazones más
Están sufriendo igual
Del mismo mal de amor

Las historias todas son iguales
Yo apenas hago de ellas mas
Una canción de amor ¡oh dolor!

Cuando el corazón te di
Fue tanto lo que amé
Y mucho que sufrí

En mi corazón quedó
La imagen de un adiós
Que nunca comprendí

En mi pecho late fuerte
El mismo corazón
Que a pesar de todo
Grita por tu amor ésta canción

Corazón, corazón, canta corazón
Corazón, corazón, corazón canta corazón

Cuando el corazón te di
Fue tanto lo que amé
Y mucho que sufrí

En mi corazón quedó
La imagen de un adiós
Que nunca comprendí

En mi pecho late fuerte
El mismo corazón
Que a pesar de todo
Grita por tu amor ésta canción

Corazón, corazón, canta corazón
Corazón, corazón, corazón, corazón canta, canta, canta corazón

Corazón, corazón, canta corazón
Corazón, corazón, corazón canta corazón.

Aquela Casa Simples - 1986

video

28 de dezembro de 2008

"Cama y Mesa" En Vivo 1988 - Puerto Rico

Análise Poética nº 10 "Amigos, Amigos"

Depois de tanto rabiscar, em tudo, em qualquer lugar, seu nome e o meu...

Amigos, Amigos
Isolda; Milton Carlos

Tanto tempo de nós dois/ Não sei por que pouco depois/ Não existe mais/ Tantas cartas já escritas/ Tantas noites mal dormidas/ É o que aqui me traz/ E você ainda insiste em pedir/ Que eu continue a lhe ver/ Na simples condição de amigos

Amigos, Amigos conta a história de um rapaz (no caso com Roberto cantando, já que na letra não é possível definir nenhum gênero) que se apaixona pela amiga. Ela, porém não quer nada além da amizade... Ele já se declarou, e está sofrendo pela solidão.

Depois de tanto rabiscar/ Em tudo, em qualquer lugar/ Seu nome e o meu/ Tudo que é seu está marcado/ O seu retrato até molhado/ Pelos beijos meus/ Nosso mundo de promessas/ De palavras de carinho/ Vi cair no chão/ E você quer a condição de amigos

Quando se está apaixonado, é natural escrever as iniciais da amada em todos os cantos: na mesa do colégio, nos cantos das folhas dos cadernos, dos livros... Olhar uma fotografia e sentir vontade de ter quem se ama perto de você... Choramos e beijamos a foto da amada. Nesse trecho da música uma segunda visão de situação pode ser vista: Um casal que se separou, e apesar de ele ainda a amar, ela só que a amizade dele ‘Nosso mundo de promessas/ De palavras de carinho/ Vi cair no chão’

Refrão:
Amigos, amigos/ Não sei como nem por que/ Amigos, amigos/ Amigos, só amigos nada mais...

Ele repete não aceitando a condição... Como viver sabendo que quem você ama só lhe quer como um simples e comum amigo?

Seus cabelos, suas mãos/ A sua voz com emoção/ Guardo comigo/ E a vontade que senti/ De me enganar que te esqueci/ Não fez sentido/ A saudade não contada/ Toda a lágrima calada/ Não posso guardar/ E não podemos ficar amigos

A textura, o cheiro dos cabelos; a suavidade do toque das mãos; a doçura da voz... Tudo isso fica dentro dele como um sinal da saudade.
E aqui me pareceu algo como a ‘marca do autor’(da autora no caso), algo muito bonito mesmo: ‘De me enganar que te esqueci’ me lembrou ‘Outra Vez’ (me esqueci de tentar te esquecer). Achei lindo encontrar isso nessa música também... É uma das minhas frases preferidas... Bom depois do momento mais pessoal:
A vontade de esquecer não a suficiente perto de todo amor. Então ele decide que é melhor viver sem a amizade dela também. Porque assim ele não vai sofrer tendo ela apenas como amiga...

Refrão

A Próxima Música é: Você Não Serve Pra Mim

- Diego Bachini Lima é estudante, fã de Roberto Carlos (no Brasil) e Bee Gees (no exterior); colunista semanal do Blog RCI, garante que em 2009 a análise poética vai ser publicada toda semana :D!

27 de dezembro de 2008

Contradicciones (Contradições)


Contradicciones (Contradições) - 1986
Eduardo Lages - Paulo Sérgio Valle (versão: Oscar Gomez)

Sé que juegas al amor y yo te quiero amar
Para ti fue un momento yo quiero continuar
Pero en nuestras diferencias nada es más igual
Que tú y yo
La certeza de ese amor yo nunca sospeché
Porque todo era bonito y me acostumbré
Tantas frases de amor que yo jamás creí
Pero acepté

Ah! Tú tienes cosas que no puedo entender
Un gesto ausente tan presente en tu mirar
Como quien ama y tiene miedo de gustar

Ah! Yo no comprendo ésta pasión que vivo sin querer
Que me enloquece cuando estoy lejos de ti
Y estos celos que yo no quería tener

Ah! Tú tienes cosas que no puedo entender
Un gesto ausente tan presente en tu mirar
Como quien ama y tiene miedo de gustar

Ah! Yo no comprendo ésta pasión que vivo sin querer
Que me enloquece cuando estoy lejos de ti
Y estos celos que yo no quería tener.

La Distance - Rita Pavone canta Roberto Carlos

26 de dezembro de 2008

Belíssimo Show!!

Roberto Carlos cantou os sucessos “Emoções”, “Como é grande meu amor por você”, “Além do Horizonte”, “Outra Vez”, “Negro Gato”, “Detalhes”, “Côncavo e Convexo”, “Mulher Pequena” e “Debaixo dos Caracóis dos seus cabelos”.

O Rei encerrou o show com “É preciso saber viver” e “Jesus Cristo”, e a tradicional distribuição de rosas vermelhas e brancas.

Com Rita Lee: Papai, me empresta o carro / Parei Na contramão / Flagra / Splish Splash / Mania de Você / Cama e Mesa / Baila comigo / É Papo Firme

Com Zezé di Camargo e Luciano: "À Distância" e "O Portão";
Com Neguinho da Beija Flor: "Negra Angela" e "Eu e Ela"

Com Caetano Veloso: "Força Estranha" e "Chega de Saudade"

Recebeu a bateria, rainha e passistas da Escola de Samba e junto com Neguinho da Beija Flor
cantou "A Deusa da Passarela". Beija-Flor de Nilópolis Sua escola de samba de coração!

Ainda cantou "Jesus Salvador" e passou uma linda mensagem de Natal.!!




Mais um trecho do especial...: (Caetano canta "Você é Linda")

25 de dezembro de 2008

22 de dezembro de 2008

e disse Roberto Carlos...

"O público me aceita porque só canto o que sinto, Não sei mentir"
Roberto Carlos - 16/12/1978

21 de dezembro de 2008

Confesíon (Confissão)


 Confesíon (Confissão) - 1981
Eduardo Lages - Paulo Sérgio Valle (versão: Buddy & Mary McCluskey)

Yo, sólo vengo a saber
¿como estás?
y como marcha tu vida sin mi
pues aunque intento olvidarte no sé
y en cada amor busco un poco de ti

Sé, que esto as veces
es mas fuerte que yo
va, por mi cuerpo, mi pele y mi voz
y si te digo que ya te olvidé
sé, que te miento y comprendo porque

Yo, no te pido que vuelvas atrás
se que tú ya no piensas en mi
sólo vengo a saber
¿como estás?

Hoy, sólo quiero decirte otra vez
que, como yo nadie mas te amará
son, tantas cosas de ti las que sé
de tantas noches dejadas atrás

Yo, no te pido que vuelvas a mi
no quisiera por ti sufrir más
solo vengo a saber
¿como estás?

Yo, no te pido que vuelvas a mi
no quisiera por ti sufrir más
solo vengo a saber
¿como estás?

20 de dezembro de 2008

Io sono un artista (Só vou gostar de quem gosta de mim)




Io sono un artista (Só vou gostar de quem gosta de mim) - 1968
Rossini Pinto (C. Malgioglio)

Sono innamorato
ma non cambierò
il mio modo di vita.
Sto con te il giorno
fino all'imbrunire,
ma la notte no.

Di notte voglio scrivere
canzoni che tu
di giorno sentirai.
Io sono un artista
e come un artista
la notte è per me.

Non credere, amore,
che in queste parole
non c'è sentimento.
Da quando ti amo,
col sole che sorge
non penso che a te.

Ma le ore della notte, no,
di notte, no,
tu non cercarmi mai.
Io sono un artista
e come un artista
la notte è per me.

Per questo non lasciamoci,
per questo, no,
per altre cose, sì.
Il giorno è per te,
la notte è per me,
di problemi non ce n'è.

Per questo non lasciamoci,
per questo, no,
per altre cose, sì.
Il giorno è per te,
la notte è per me,
di problemi non ce n'è.

Non credere, amore,
che io cambierò
il mio modo di vita.
Da quando ti amo,
col sole che sorge
non penso che a te.

Ma le ore della notte, no,
di notte, no,
tu non cercarmi mai.
Io sono un artista
e come un artista
la notte è per me.

Io sono un artista
e la notte è per me!
Io sono un artista
e la notte è per me!
Io sono un artista
e la notte è per me!

-------------------------------------- Tradução

Estou apaixonado
mas não mudarei
o meu estilo de vida.
Estou contigo de dia
até escurecer,
mas de noite não.

De noite quero escrever
canções que tu
escutarás de dia.
Eu sou um artista
e como um artista
a noite é pra mim.

Não pensar, amor,
que nestas palavras
não há sentimento.
Desde quando te amo,
ao nascer do sol
não penso que em ti.

Mas as horas da noite, não,
de noite, não,
não procurar-me nunca.
Eu sou um artista
e como um artista
a noite é pra mim.

Por isto não deixarmos-nos,
por isto, não,
por outras coisas, sim.
O dia é pra ti,
a noite é pra mim,
problemas não existem.

Por isto não deixarmos-nos,
por isto, não,
por outras coisas, sim.
O dia é pra ti,
a noite é pra mim,
problemas não existem.

Não pensar, amor,
que eu mudarei
o meu estilo de vida.
Desde quando te amo,
ao nascer do sol
não penso que em ti.

Mas as horas da noite, não,
de noite, não,
não procurar-me nunca.
Eu sou um artista
e como um artista
a noite é pra mim.

Eu sou um artista
e a noite é pra mim!
Eu sou um artista
e a noite é pra mim!
Eu sou um artista
e a noite é pra mim!

19 de dezembro de 2008

e disse Roberto Carlos...


"Estou fazendo chapinha, sim. O sonho de consumo da Jovem Guarda seria uma chapinha. Se ela existisse naquela época, vocês não teriam visto os caracóis dos meu cabelos."
Roberto Carlos

17 de dezembro de 2008

16 de dezembro de 2008

15 de dezembro de 2008

Sorria!


Smile
(Charles Chaplin, Geofreu Parsons & John Turner)

Smile,
Tough your heart is aching
Smile,
Even though it's breaking,
When there are clouds in the sky, you'll get by
If you smile
Through your fears and sorrow, smile
And maybe tomorrow
You'll see the sun come shining through for you.
Light up your face with gladness,
Hide ev'ry trace of sadness,
Altho' a tear may be ever so near,
That's the time you must keep on trying,
Smile,
What's the use of crying,
You'll find that life is still worhwhile,
If you just smile.

Sonrie [Smile]
(Charles Chaplin, Geofreu Parsons e John Turner – Version: Roberto Livi)

No, ya no pienses en llorar
De que vale lamentar
Lo pasado pasó
Si ese amor terminó
Otro amor puede llegar
Nunca es tarde para amar
Y volver a ser feliz
Sonríe

No, para que la soledad
Cuando la felicidad
Puede hacerte sentir
Como es lindo vivir
Nunca dejes de soñar
Y mañana al despertar
Ve la vida con amor
Sonríe


Sorria [Smile]
(Charles Chaplin, Geofreu Parsons e John Turner - v: HenryRoss )

Não, já não pense em chorar
de que vale lamentar
o passado passou
se esse amor terminou
outro amor pode chegar
nunca é tarde para amar
e voltar a ser feliz
sorria

Não, para que a solidão
quando a felicidade
pode fazer-te sentir
como é lindo viver
nunca deixe de sonhar
e de manhã ao despertar
ver a vida com amor
sorria

13 de dezembro de 2008

12 de dezembro de 2008

Especial 2008


Com a Arena HSBC lotada, Roberto Carlos gravou o especial de fim de ano para a Globo, na noite de quinta-feira (11). Marcada para as 21h, a apresentação começou às 22h25, com o pout-pourri feito pela banda do Rei, dando passagem para a irretocável abertura, com Emoções.

No palco, Roberto recebeu Zezé Di Camargo e Luciano, Rita Lee, Caetano Veloso e encerrou regendo a bateria da Beija-Flor de Nilópolis, sua escola de samba de coração. Ao lado de Neguinho da Beija-Flor, o Rei entoou versos do samba Deusa da Passarela, que exalta a escola de samba.

Repertório do Show!

Abertura
Emoções
Como é grande o meu amor por você
Além do Horizonte

A Distância (Com Zezé di Camargo e Luciano)
O Portão (Com Zezé di Camargo e Luciano)
Outra Vez

Negro Gato (teve que cantar duas vezes porque teve uma pequena distorção no som durante a música)

Negra Angela / Eu e Ela (Com Neguinho da Beija Flor)

A Deusa da Passarela (Com Neguinho da Beija Flor, bateria, rainha e passistas da Escola de Samba)

Detalhes
O Concavo e o Convexo

Papai, me empresta o carro / Parei Na contramão / Flagra / Splish Splash / Mania de Você / Cama e Mesa / Baila comigo / É Papo Firme (Com Rita Lee, Roberto de Carvalho e Beto Lee)

Mulher Pequena
Mulher de 40
Debaixo dos Caracóis dos Seus Cabelos

Força Estranha (Com Caetano Veloso)
Você é Linda (Caetano Sozinho)

Chega de Saudade
É Preciso Saber Viver
Jesus Cristo

Informações: Portal Clube do Rei

Concavo y Convexo (Côncavo e Convexo)


Concavo y Convexo (Côncavo e Convexo) - 1984
Roberto Carlos - Erasmo Carlos (versão: Buddy & Mary McCluskey)

Nuestro amor es así
Y al hacerlo tu y yo
Todo es más bonito
Y en él se nos da
Todo eso que está
Y lo que no se há escrito
Cuando nos abrazamos
Tantas cosas sentimos
No hace falta ni hablar
Un encuentro perfecto
Entre el tuyo y mi pecho
Nuestra ropa no va

Nuestro amor es así
Para tí para mí
Como una receta
Nuestras curvas se hallan
Nuestras formas entallan
En medida perfecta

Este amor de los dos
Es locura que trae
Éste sueño de paz
Bonito por demás
Y cuando nos besamos
Al amar olvidamos
La vida allá afuera

Cada parte de tí
Tiene forma ideal
Y si estás junto a mí
Coincidencia total
De cóncavo y convexo
Así es nuestro amor
En el sexo

9 de dezembro de 2008

e disse Roberto Carlos...

"O público é um espelho onde eu vejo as coisas que quero ver"
Roberto Carlos

8 de dezembro de 2008

Dia Nacional do Rei Roberto Carlos

A importância cultural da obra do Cantor Roberto Carlos é tão grande no Brasil quanto no cenário internacional.

E no reconhecimento pelo seu talento e sua obra, não lhe faltam Troféus, Condecorações e Homenagens.

Uma destas importantes homenagens aconteceu em Los Angeles (EUA) no ano de 1988. Trata-se da criação do "Dia do Roberto Carlos", criado pelo então prefeito Tom Bradley, que proclamou o dia 26 de Fevereiro um dia especial na cidade, para homenagear o cantor a partir daquela data. O Decreto foi assinado pelo prefeito listavam onze motivos para o tal ato.

Em 1999 os Fãs Clubes Planeta Rei de Fortaleza - após minuciosa pesquisas, reuniões, debates, juntamente com outros fãs em todo Brasil decidiram pelo dia 08 de Dezembro como sendo o dia nacional do Rei Roberto Carlos.

Por quê 08 de Dezembro?

1 – É o dia de Nossa Senhora da Conceição. Sendo Roberto Carlos, uma pessoa muito ligado à religião.
2 – Dia Internacional da Família, Roberto Carlos sempre preservou estes valores.
3 – Dezembro historicamente o Rei Roberto Carlos lança seus discos.
4 – Dezembro mês em que vai ao ar seu tradicional especial de fim de ano.
5 – Dezembro é mês de confraternizações.

Por essas e outras razões, a comissão formada pelos Fãs Clubes decidiram pelo dia 08 de Dezembro como sendo o Dia Nacional do Rei Roberto Carlos.

Hoje essa data é comemorada em quase todo Brasil, e vem se espalhando em outros países da América do sul.

Mas Dia de Roberto Carlos é todo dia aqui... em Roberto Carlos Internacional, Novidades, todos os dias!!

Planeta Rei Fortaleza-CE

6 de dezembro de 2008

Roberto Carlos em Japonês...


Rosa Miyake e Roberto Carlos nos bastidores do programa da Rádio Santo Amaro, em São Paulo, nos anos 60.

Rosa Miyake é cantora e foi apresentadora do programa "Imagens do Japão" na TV durante muitos anos. Na década de 60, ela foi muito amiga de Roberto Carlos. E ela conta que ensinou Roberto Carlos a cantar em japonês a música “Sukiyaki”!. E ele assim fez em uma participação no programa "Imagens do Japão" e foi aplaudido de pé. (O Rei cantando em Japonês!!). Ela atualmente vive em Miami (EUA).


Rosa Miyake gravou "Otomodachi No Koibito" versão em japonês da música "Namoradinha de um amigo meu" de Roberto Carlos.

Ouça a versão em japonês!

4 de dezembro de 2008

Pra fazer feliz a quem se ama...

Roberto Carlos & Caetano Veloso e a música de Tom Jobim


No ano em que a Bossa Nova completa meio século de existência, Roberto Carlos e Caetano Veloso, dois ícones da música brasileira se reúnem pela primeira vez num show antológico dedicado ao maestro soberano Antonio Carlos Jobim.

O espetáculo foi gravado durante os shows realizados no Teatro Municipal do Rio de Janeiro no dia 22 de agosto e no Auditório do Ibirapuera em São Paulo nos dias 25 e 26 de agosto.

Juntos, Roberto e Caetano, cantam os maiores clássicos do mestre Tom Jobim, como "Garota de Ipanema", "Lígia", "Eu Sei Que Vou Te Amar" em que o Rei recita o famoso poema de Vinícius de Moraes "Soneto da Fidelidade", entre outros.

Esse encontro conta a história de um movimento musical que de tão sublime e cativante, deixou de ser do Brasil para ser do mundo. - E aqui estão em CD e DVD.

(Portal Clube do Rei)

CD - Faixas:

01. Garota de Ipanema
02. Wave
03. Águas de Março
04. Por Toda a Minha Vida (Exaltação do Amor)
05. Ela é Carioca
06. Inútil Paisagem
07. Meditação
08. O Que Tinha Que Ser
09. Insensatez

10. Por Causa de Você
11. Ligia
12. Corcovado
13. Samba do Avião
14. Eu Sei Que Vou Te Amar / Soneto da Fidelidade
15. Tereza da Praia
16. Chega de Saudade


DVD - Repertório:

01. Garota de Ipanema - RC e Caetano
02. Wave - RC e Caetano
03. Águas de Março - Daniel Jobim
04. Por Toda a Minha Vida (Exaltação do Amor) - Caetano solo
05. Ela é Carioca - Caetano solo
06. Inútil Paisagem - Caetano solo
07. Meditação - Caetano solo
08. Caminho de Pedra - Caetano solo
09. O Que Tinha Que Ser - Caetano solo
10. Surfboard - Instrumental

11. Insensatez - Roberto Carlos
12. Por Causa de Você - Roberto Carlos
13. Ligia - Roberto Carlos
14. Corcovado - Roberto Carlos
15. Samba do Avião - Roberto Carlos
16. Eu Sei Que Vou Te Amar/Soneto da Fidelidade - Roberto Carlos
17. Tereza da Praia - RC e Caetano
18. A Felicidade - Bis RC e Caetano
19. Se Todos Fossem Iguais a Você - Bis RC e Caetano
20. Chega de Saudade - Bis RC e Caetano

Compare Preços clicando aqui

Especial de Roberto Carlos 2008

Dia: 11/12_ Quinta feira
Local: HSBC Arena (ex Rio Arena)
Horário: 21h
Abertura dos portões: 19h

Ingressos
35,00 Meia Entrada - cadeira nível 3
45,00 Meia Entrada - cadeira nível 1

Comprar de ingressos na internet: Ticketmaster

Classificação:livre


e disse Roberto Carlos...

"A gente é que faz a vida. Tudo depende de nós"
Roberto Carlos

3 de dezembro de 2008

Como te irás sin mi (Tente viver sem mim)


Como te irás sin mi (Tente viver sem mim) - 1987
Mauro Motta - Róbson Jorge - Lincoln Olivetti (versão: Buddy & Mary McCluskey)

No me quisiste oír
pero intenté decir
amor y paz
puro demás
tienen que convivir

Y nuestro amor
llego a su fin
yo por aquí, tú por ahí

Que voy hacer para olvidar
no se vivir así
y cuánto a ti, vamos a ver
como te irás sin mi

Yo no quería
todo acabado, como acabó
fuiste tú quien lo quise así
aunque yo sufra
con todo eso
vamos a ver
se de verdad
puedes vivir sin mí

La escena está, muy bien!!
pero la e visto ya
¿porque partí?
se antes de ir
ya piensas regresar

como se ve
no hay un porque
me quedaré, te irás sin mi
que voy hacer
para olvidar
no se vivir así

y cuánto a ti
vamos a ver
como te irás sin mí

Yo no quería
todo acabado, como acabó
fuiste tú quien lo quise así
y aunque yo sufra
con todo eso
vamos a ver
si de verdad
puedes vivir sin mí

y aunque yo sufra
con todo eso
vamos a ver
si de verdad
puedes vivir sin mí

1 de dezembro de 2008

"É uma Brasa, Mora!"

Roberto Carlos nunca foi de muitas palavras (a não ser para cantar), mas ainda assim tornou definitivas e personalíssimas algumas definições como "Bicho", expressão que usa para referir-se a alguém, e "é uma brasa, mora!?", frase que virou quase obrigatória em muitas conversas e nas muitas entrevistas que deu em sua carreira.

Aqui vamos ver algumas declarações de Roberto, que mesmo feitas há muitos anos, são uma espécie de "retrato" do que Roberto é e pensa.


"Errei muito, fiz muitas asneiras, não sou nenhum querubim. Mas sempre tive comigo uma grande vontade de acertar e de amar a todos. Espero que isso se concretize cada vez mais e que todos os jovens se dêem as mãos"
. - 28/09/1968



"Ás vezes, de um pequeno detalhe da vida, faço uma música. Às vezes, de pequenos
detalhes da vida, digo uma coisa bonita para um amigo. Dos pequenos detalhes podem nascer as grandes atitudes, às vezes. Por isso eu vivo atento aos detalhes." - 01/01/1979



"A gente se sente realizado não pela quantidade de coisas que possui, mas pelo que realiza na atividade que escolheu na vida. E, enquanto há vida, há vontade de fazer mais. A gente pode se sentir em parte realizado. Não tenho queixas quanto a isso....
Mas ter ambições, estar sempre insatisfeito, querer ir cada vez mais longe, significa consertar a juventude de espírito."
- 02/02/1971

"Esteja certo de que o amor é um grande protesto contra um mundo que ameaça se tornar cada vez mais árido. Só que tem uma coisa: a gente pode ser obrigado a guerrear, para manter o amor."
31/10/1970

30 de novembro de 2008

2003 - Yo te recuerdo - Linea Azul Vol.3

(Postagem para pesquisa apenas)

Data de lançamento: 18 de março de 2003. / Sony Discos SMK70398

Quiero verte a mi lado
Juego de damas
Es preciso saber vivir
Usted
Despedida
Yo te recuerdo
Resumen
Ternura antigua
El porton
Yo solo quiero
El tiempo borará
Como es grande mi amor por ti

Bônus:
Quiero que todo vaya al infierno
Existe un problema entre los dós
Detrás del horizonte
Tu cuerpo

¿Cómo fué? (Como foi?)


¿Cómo fué? (Como foi?) - 1983
Eduardo Lages - Paulo Sérgio Valle (versão: Luis Gómes Escolar)

¿Cómo fue?
que no nos enteramos que pasó
¿dónde fue?
que nos equivocamos tú y yo

¿Porque fue?
que nuestro inmenso amor entristeció
yo no sé
¿dónde fue?, ¿cómo fue?, ¿porque fue?
que todo fue quedando así

¿Dónde está?
el dulce abrazo en el adormecer
¿porque fue?
que tanto hemos cambiado sin saber

Yo no sé
porque nos distanciamos sin querer
mi amor
¿dónde fue?, ¿cómo fue?, ¿porque fue?
que todo fue quedando así

Existe un cierto adiós
entre ojos de los dos
pero así al final
queremos continuar
yo se que todo cambio

Siempre juntos como antes
aunque estamos tan distante
¿cómo fue?, ¿dónde fue?, ¿porque fue?
que todo fue quedando así

Existe un cierto adiós
entre ojos de los dos
pero así al final
queremos continuar
yo se que todo cambio

Siempre juntos como antes
aunque estamos tan distantes
¿cómo fue?, ¿dónde fue?, ¿porque fue?
que todo fue quedando así

29 de novembro de 2008

Champagne (Namoradinha de um amigo meu)

Champagne (Namoradinha de um amigo meu) - 1966

Amis je vous invite ! Champagne !
Pour l'amour de celle qui m'a laissé tomber
C'est cool du champagne
Elle ne m'a rien dit, elle ne m'a rien laissé
Je vais prendre une musette
Danser et faire la fête
Champagne pour tout le monde
Et c'est moi qui paie

Depuis qu'elle est partie, Champagne !
Je vais reprendre ma vie de célibataire
Et tant mieux, Champagne !
Elle n'était pas d'une beauté extraordinaire
Tous les hommes sont trompés
Comme disait mon père
Une de perdue égal dix de retrouvées
Je n'attendrai pas son retour
Pour mes futures amours

Santé, mes amis ! Champagne !
Ce soir je vais boire pour essayer de l'oublier
Santé, mes amis ! Champagne !
Ce soir je vais boire pour essayer de l'oublier

Je n'attendrai pas son retour
Pour mes futures amours
Santé, mes amis ! Champagne !
Ce soir je vais boire pour essayer de l'oublier
Champagne et vive la vie, Champagne !
Ca y est je suis bien, je suis dans les nuages
Je suis saoûl, je plane
Je ne veux rien d'autre, seulement tourner la page
Je vais, je vais tout dire
Après j'irai dormir
Champagne pour tout le monde
Et c'est moi qui paie

Santé, mes amis ! Champagne !
Ce soir je vais boire pour essayer de l'oublier
Santé, mes amis ! Champagne !
Ce soir je vais boire pour essayer de l'oublier
Ce soir je vais boire pour essayer de l'oublier

28 de novembro de 2008

27 de novembro de 2008

Roberto Carlos en Français...

Roberto Carlos est ne le 19 avril 1943 à Cachoeiro de Itapemirim, ville de l'état d'Espírito Santo, à 400 kilomètres au Nord-Est de Rio de Janeiro. À 6 ans il chantait déjà dans des émissions de radio locales les succès de chanteurs brésiliens de l'époque. De ces simples débuts allait naître une des grandes figures de la musique latine du vingtième siècle. Ses racines se sont fixé ainsi avec quelques leçons de piano au conservatoire local, pleins de rêves et d'espérances.


En 1957 la famille de Roberto Carlos part vivre à Rio de Janeiro. Roberto Carlos y formera un groupe musical avec les amis de son quartier, formation qu'ils nommeront The Sputniks. À la tête du groupe Roberto Carlos a immédiatement attiré l'attention passionnée du public à tel point qu'au cours d'un programme radiophonique en direct le présentateur l'annonça comme l'Elvis brésilien.

Les applaudissements de l'auditoire n'impressionnaient guère le jeune artiste qui de nuit parcourait déjà les clubs de la ville en imitant João Gilberto et en cherchant une maison de disque. C'est à cette époque qu'il connu le directeur d'alors de Columbia au Brésil qui le mit à l'épreuve.

Quelques semaines plus tard, son premier disque, un 78 tours, arrivait chez les disquaires. Peu de temps après il eut l'opportunité d'enregistrer une nouvelle chanson intitulée "Louco por Você (Louco por ti)". Celle-ci se transforma immédiatement en succès. Les émissions de télévision commencèrent à le présenter dans les programmes musicaux les plus importants du pays, initiant ainsi une longue carrière remplie de succès qui nourrissent encore l'actualité.



Au long de sa carrière Roberto Carlos a produit quelques-unes unes des pages les plus brillantes et émouvantes de la musique populaire, tant par ses chansons en portugais qu'en espagnol. Pour ouvrir le siècle Roberto Carlos nous offre un résumé complet de sa vaste carrière musicale.

Depuis ses débuts, fortement influencés par le rock and roll des premières années, jusqu'aux récents enregistrements dans lesquels l'amour se joint aux thèmes sociaux et religieux pour former le cœur de ses chansons.

Roberto Carlos passe en revue les thèmes les plus significatifs des chansons de sa carrière qui, pour la plupart, sont déjà passées du simple statut de chansons à celui d'hymnes ou de témoignages de l'expérience humaine des plus variées. Il suffit de revoir la liste des chansons contenues dans "As 30 Melhores Canções" (Le 30 meilleures chansons), pour se rendre compte que l'on est en présence d'un album qui est à la fois un calendrier personnel du siècle qui s'achève.


Chacune des chansons représente une part du vécu personnel qui sied à des centaines de millions de personnes. Quelque soit le moment précis de leur existence, tous ont une chanson de Roberto Carlos pour illustrer leurs sentiments. "A Distância" (La distance), "Detalhes" (Détails), "O Gato Que Está Triste e Azul" (Le chat qui est triste et bleu), "Emoções" (Émotions), "Um Milhão de Amigos" (Un million d'amis), "Proposta" (Proposition), "Cama e Mesa" (Lit et table), "Amada Amante" (Amante aimée) sont des titres qui contiennent non seulement des souvenirs mais aussi les morceaux d'une histoire plus récente ou quotidienne, à l'instar d'un journal dont les pages écrites nous dévoileraient la résurgence du temps passé dans une perspective de renouveau valide et présent.

Le portrait fidèle d'un artiste qui par sa musique, sa personnalité et son style, influence plusieurs générations et transmet la grandeur par sa simplicité. La grandeur d'un artiste qui a déjà marqué l'histoire et continuera à marquer l'histoire des siècles à venir.

26 de novembro de 2008

A Stupid Way (Um Jeito Estúpido de Te Amar)

A Stupid Way (The Only Way For Me) 
(Um Jeito Estúpido de Te Amar)

I know this is a stupid way
A very silly foolish way
Of doing things to touch you
Heavy lines that hurt you

But it's the only way I've got
The only chance I've got to make you mine
No matter what I say or do
Or seem to be

The biggest love is waiting deep
Inside of me
I want you to be near me
And if I hurt you please forgive me

It's just my stupid way
Words don't really matter
They can stumble, fall and shatter
It's the feeling that's important

It's the loving that you count on
If I wanted you tomorrow
I could beg or steal or borrow
But I need you here today

I'll try to find a way to
Make you see
How very much you really
Mean to me

For this is such a stupid
Such a willy-nilly way
But it's the only way for me

25 de novembro de 2008

e disse Roberto Carlos...

"O envelhecimento é um problema pessoal, é um estado de espírito".
Roberto Carlos 31/01/1970

1971 - RC em sua fase "Soul"

24 de novembro de 2008

2003 - La Gitana- Linea Azul Vol.2

(Postagem para pesquisa apenas)

Data de lançamento:
18 de março de 2003. / Sony Discos SMK70398

La gitana
Actitudes
Propuesta
Amigos amigos
El jovem viejo
Palabras
El dia que me quieras
No adelanta nada
El hombre
Rutina

Bônus:
Traumas
El show ya terminó
Mi cacharrito
Yo te amo, te amo, te amo

23 de novembro de 2008

La Distance (À Distância)

La distance (À Distância) - 1972

Le chemin que l’on suivait s arrête ici
Je vais continuer vers le soleil
Et toi tu t’en retournes vers la pluie
Notre ciel aura changé mais tout reste pareil

Quand on c’est aimé tout l été
Comme on c’est aimé on ne peut s’oublier
Mais le temps qui cours entre notre doigts
Ni la distance entre nos pas jamais ne nous séparera

J’emporte au fond du cœur un souvenir
Un mot et des musiques et des sourires
Je vais passer ma vie à me redire
Tous ce que tu m’as promis
A parler d avenir

Quand on c’est aimé tout l été
Comme on c’est aimé on ne peut s’oublier
Mais le temps qui cours entre notre doigts
Ni la distance entre nos pas jamais ne nous séparera

Quand on c’est aimé tout l été
Comme on c’est aimé on ne peut s’oublier
Mais le temps qui cours entre notre doigts
Ni la distance entre nos pas jamais ne nous séparera

Mais le temps qui cours entre notre doigts
Ni la distance entre nos pas jamais ne nous séparera

Nelson Motta entrevista o 'Rei' Roberto Carlos

22 de novembro de 2008

For once in my life

Roberto Carlos em 1979 cantou For once in my life, uma canção de 1967 que tornou-se inesquecível nas vozes de Frank Sinatra, Tony Bennett e Stevie Wonder. E eternizada na voz do Rei.




For once in my life 
(Ron Miller; Orlando Murden) 


For once in my life I have someone who needs me
Someone I've needed so long
For once unafraid I can go where life leads me
And somehow I know I'll be strong

For once I can touch what my heart used to dream of
Long before I knew
Someone warm like you
Would make my dream come true

For once in my life I won't let sorrow hurt me
Not like it's hurt me before
For once I have something I know won't desert me
Cause I'm not alone anymore

For once I can say: This is mine you can't take it
As long as I know I've got love, I can make it
For once in my life I have someone who needs me

21 de novembro de 2008

Análise Poética nº 9 "Cenário"

O Meu Coração É Como Um Palco... Tantas As Histórias Já Vividas: Dramas, Romances, Comédias, Paixões... Um Entrar E Sair De Ilusões Sem Saber Se É Pra Rir Ou Chorar...
Cenário - Roberto Carlos

Cenário - Eduardo Lages

Cenário
Eduardo Lages; Paulo Sérgio Valle

O meu coração é como um palco/Tantas histórias já vividas/Dramas, romances, comédias, paixões/Um entrar e sair de ilusões/Sem saber se é pra rir ou chorar

Em 'Cenário' o eu-lírico se usa do teatro para explicar sua vida... Uma vida de coisas que são tão comuns nos palcos como as histórias de amor, felicidade, tristeza e solidão... Tudo isso acontece no mesmo lugar, que mesmo com as mudanças ainda é o mesmo palco...

Já tentei mudar o meu cenário/E esse coração tão solitário/Mas cada vez que as luzes/Se acendem sobre mim/De novo a mesma estória o mesmo fim

Ele tenta mudar, esquecer de tudo aquilo que não foi bom. Porque no fim de tudo o seu coração fica vazio como o palco ao final do espetáculo. Mas parece que como o palco, o seu coração é sempre usado para as histórias alegres no início, e tristes no final...

São lagrimas de amor que a maquiagem/Disfarça, mas não muda o personagem/Sorrisos tantas vezes encenados/Deixados de lado na vida

O artista tenta se esconder por trás de um personagem. Ele esconde seus problemas, suas frustrações. E com isso ele se confunde com o personagem. Aparenta ser algo que ele não é. Aparenta ser feliz, quando na verdade os sorrisos são apenas encenados... Não são de verdade...

Esse coração como um teatro/Vive em busca de um final perfeito/E agora em cena aberta eu vejo/Como ainda te desejo/Querendo ser feliz meu coração pede bis!

Aqui ele faz uma das maiores definições da grande razão que temos para viver: "Vive em busca de um final perfeito". Vivemos em busca da felicidade... E sozinho no palco do seu coração, ele sente toda a solidão que não ter o amor lhe faz passar... Então mesmo com o sofrimento das outras vezes ele não pode viver sem o seu amor... E pede BIS!

'Eu sei hoje eu exagerei... Mas é uma semana especial... Última semana em que subi em um palco como ator-aluno do colégio... Então perdoem minha fotos... Saibam sempre que aqui é um lugar dedicado ao REI ROBERTO CARLOS ;)'

A Próxima Música é: Amigos Amigos

- Diego Bachini Lima é estudante, fã de Roberto Carlos (no Brasil) e Bee Gees (no exterior); colunista semanal do Blog RCI, e garante que seu coração é como um palco, na semana que ele apresentou a última peça no seu grupo de Teatro do colégio (TAME - Teatro Amador Mercedário) como aluno. As fotos da coluna são: ele no palco do Salão Nobre aonde ele se apresentou a maioria das vezes nesses 8 anos de teatro; Ele de braços abertos (foto em 'fade' com a foto do rei de braços abertos), no Palco do Colégio Nossa Senhora das Dores aonde viveu os 2 únicos momentos de glória no mesmo, ganhado primeiro lugar de Poesia, e anos depois ganhando menção Honrosa com o Grupo TAME, com a peça "Um 'Tom' Na Literatura". A outra foto do Rei Roberto Carlos com o Co-autor de Cenário o Maestro Eduardo Lages, que nos deu a honra de uma visita semana passada.

20 de novembro de 2008

ホベルト カルロス, とカエターノ ヴェローゾ

ブラジル音楽界の王、ホベルト カルロス...

Roberto Carlos Internacional

Como es grande mi amor por ti (Como é grande o meu amor por você)


Como es grande mi amor por ti (Como é grande o meu amor por você)
Roberto Carlos (versão: Buddy & Mary McCluskey)

Yo tengo tanto hoy para hablar
Que con palabras no sé decir
Como es grande mi amor por tí
Y no hay nada que comparar
Para poderte a tí explicar
Como es grande mi amor por tí

Ni mismo el sol, ni las estrellas
Ni mismo el mar o el infinito
No pueden ser como éste amor ni más bonitos

Me desespero por encontrar
Alguna forma para expresar
Como es grande mi amor por tí

Nunca te olvides ni un segundo
Que tú eres todo en éste mundo
Como es grande mi amor por tí

Nunca te olvides ni un segundo
Que tú eres todo en éste mundo
Como es grande mi amor por tí
Como es grande mi amor por tí

19 de novembro de 2008

Chegou!! Novo Cd de RC & Caetano Veloso


No ano em que a Bossa Nova completa meio século de existência, Roberto Carlos e Caetano Veloso, dois ícones da música brasileira se reúnem pela primeira vez em um show antológico, dedicado a Tom Jobim. O CD é resultado dos shows realizados no Teatro Municipal do Rio de Janeiro no dia 22 de agosto e no Auditório do Ibirapuera em São Paulo nos dias 25 e 26 de agosto.

Juntos, Roberto e Caetano, cantam os maiores clássicos do mestre Tom Jobim, como Garota de Ipanema, Ligia, Águas de Março, Eu Sei Que Vou Te Amar que termina com o Rei recitando o famoso poema de Vinícius de Moraes "Soneto da Fidelidade", entre outros.

Esse encontro conta a história de um movimento musical que de tão sublime e cativante, deixou de ser do Brasil para ser do mundo.
Um álbum que todos esperavam!

1. Garota de Ipanema
2. Wave
3. Águas de Março
4. Por Toda a Minha Vida (Exaltação do Amor)
5. Ela é Carioca

6. Inútil Paisagem
7. Meditação
8. O Que Tinha Que Ser
9. Insensatez
10. Por Causa de Você

11. Ligia
12. Corcovado
13. Samba do Avião
14. Eu Sei Que Vou Te Amar / Soneto da Fidelidade
15. Tereza da Praia
16. Chega de Saudade

Pré-Venda Lojas Americanas
Cod do item:2649588

www.americanas.com.br

- Pesquisar Preços de Roberto Carlos - Lp's, Cd's e Muito mais!!!

... + Informações - Outras Músicas, Cd's e Lp's

17 de novembro de 2008

'Dironir no Sax Solo...' Homenagem a Dironir de Sousa

DIRONIR NO SAX SOLO!!!!

Solos de Dironir em "O Calhambeque (Road Hog)" no álbum Pra Sempre Ao Vivo no Pacaembú, no Roberto Carlso Especial 2004, e no álbum En Vivo de 2008.




"No dia 10 de novembro, a banda de Roberto Carlos ficou com menos força em seus instrumentos de sopro. Aos 69 anos, DIRONIR DE SOUZA, um dos saxofonistas da banda, nos deixou para se apresentar num palco muito mais iluminado. A partir dos próximos shows de RC, todos nós vamos sentir falta daquele momento em que o Roberto gritava "Dironir no sax solo!".Dironir era um dos músicos que estava há mais tempo acompanhando Roberto Carlos - desde que sua banda ainda era conhecida como RC-7 (atualmente, Roberto chama sua banda de "Boeing de prefixo RC-9").


Em depoimento concedido no final do ano passado, o saxofonista declarou o seguinte (em relação à sua carreira e ao cenário musical brasileiro):

"Há 52 anos, quando eu comecei, havia um horizonte. Hoje não há, porque o Brasil virou uma terra de cantores. E o maior é Roberto".
Em seu blog pessoal, o maestro Eduardo Lages afirmou: "Ficará além da saudade , a certeza de ter sido um músico competente, profissional correto e super bom caráter". E também ficará a lembrança do "barbicha" - apelido que ele recebeu por ostentar durante anos uma barbicha no rosto." Adaptado do Blog Emoções de Roberto Carlos

O Blog Roberto Carlos Internacional presta essa pequena homenagem com um medley de três Solos de Dironir da Música "O Calhambeque (Road Hog)". Infelizmente nem um dos autores receberam a notícia no dia. Então esperamos 7 dias (essa marca símbolica) para prestar essa pequena homenagem a Dironir de Sousa.
Nossos sentimentos...
HenryRoss
Diego Bachini Lima

16 de novembro de 2008

Sou um homem de fé

"Sou otimista e tenho muita força de vontade.
Supero qualquer problema com confiança: sou um homem de fé."
Roberto Carlos - 01/12/1979

Compartilhe com seus amigos!

Related Posts with Thumbnails