30 de dezembro de 2011

Amore Perfetto (Amor Perfeito)



Amore Perfetto (Amor Perfeito)
Michael Sullivan - Paulo Massadas Lincoln Olivetti - Róbson Jorge (Paolo)

Chiudo gli occhi
E non vedo passare il tempo
Dimmi, amore, dove sei
Tu che sei il mio angelo perfetto
Perché non torni mai
Allora, vieni
Io conto i giorni e i momenti senza te
Ho tanta voglia de vederti
La solitudine mi fà pensare a te
Solo a te...

I minuti se ne vanno lentamente
Senza fretta di passare
Sono qui perduto in mezzo a tanta gente
Che non sà cosa è amare
Allora, viene
Che senza te ho perso tutta la mia pace
Mi mancano i tuoi abbracci
Non c'è parola, ne canzone, ne perchè
Vivo senza te...

Io non potrei dimenticare
Il tuo sguardo che mi fà sognare
Senza sorriso che vita è
Un'altro giorno arriverà
Portando la felicità
Vieni che sto pensando a te
A'd ogni volta che tu pense a me
Sto com te, solo te

28 de dezembro de 2011

Un modo estúpido de amar (Um jeito estúpido de amar)



Un modo estúpido de amar (Um jeito estúpido de amar) 
Isolda - Milton Carlos (versão: Buddy Mary McCluskey)

Yo sé que tengo un modo medio estúpido de ser
Y de decir cosas que pueden afligir y ofender
Mas cada uno tiene modos bien propios
De amar y defenderse
Hoy tú me acusas eso me preocupa
Agrava más y más esta mi culpa
Lo pienso y repienso y mi virtud o mi defecto
Es amarte demás

Palabras son palabras y no me he dado cuenta
Lo que dije sin querer, lo que dejé sin hacer
Mas importante es aprender que nuestra vida en común
Depende sólo unicamente de los dos

Intento hallar un modo de explicar
Y espero que lo peudas aceptar
Yo sé que tengo un modo medio estúpido de ser
Pero es mi forma así de amar

Palabras son palabras y no me he dado cuenta
Lo que dije sin querer, lo que dejé sin hacer
Mas importante es aprender que nuestra vida en común
Depende sólo unicamente de los dos

Intento hallar un modo de explicar
Y espero que lo peudas aceptar
Yo sé que tengo un modo medio estúpido de ser
Pero es mi forma así de amar

Usted ya me olvido (Você já me esqueceu)


Usted ya me olvido (Você já me esqueceu) 
Fred Jorge (versão: Buddy Mary McCluskey)

Si, usted bien sabe que aquí es su lugar
Y sin usted consigo apenas entender
Que su ausencia hace a la noche prolongar
Si, hay tantas cosas que le tengo que contar
Cuando se calme el deseo y mi pasión
Preciso de usted para vivir

Es noche amor
El frío entró en el cuarto que fue suyo y mío
Por la ventana abierta donde yo miré
En la espera inutil mas usted no apareció

Usted ya me olvidó
Y yo no veo cómo hacerle a usted hoy recordar
Las tantas veces que le escuché decir
Que yo era todo para usted

Usted ya me olvidó
Hoy me doy cuenta de esta cruda realidad
Que no significo ya nada para usted
Usted ya me olvidó
Usted ya me olvidó
Usted ya me olvidó

Es noche amor
El frío entró en el cuarto que fue suyo y mío
Por la ventana abierta donde yo miré
En la espera inutil mas usted no apareció

Usted ya me olvidó
Y yo no veo cómo hacerle a usted hoy recordar
Las tantas veces que le escuché decir
Que yo era todo para usted

Usted ya me olvidó
Hoy me doy cuenta de esta cruda realidad
Que no significo ya nada para usted
Usted ya me olvidó
Usted ya me olvidó
Usted ya me olvidó
Usted ya me olvidó
Usted ya me olvidó

No te quiero ver triste (Não quero ver você triste)



No te quiero ver triste (Não quero ver você triste)
Roberto Carlos e Erasmo Carlos (versão: Buddy Mary McCluskey)

¿Qué es lo que tienes?
Cuéntamelo
No te quiero ver triste así
No estés triste
El mundo es bueno
Y la felicidad aún existe

No derrames lágrimas
Para de llorar
Tú verás que todo pasará
Y sonreirás otra vez
¿Qué es lo que te pasa?
Cuéntamelo
No te quiero ver triste así

Oye, vamos a salir
Ah, !qué importa dónde iremos!
Yo sólo quiero verte sonreir
Seca tus lágrimas no llores nunca más
Mira que cielo azul, tan azul

Olvida el mal y piensa sólo en el bien
Que así la felicidad un día vendrá
Ahora una canción, canta para mí
No quiero verte tan triste así

Oye, vamos a salir
Ah, !qué importa dónde iremos!
Yo sólo quiero verte sonreir
Seca tus lágrimas no llores nunca más
Mira que cielo azul, tan azul

Olvida el mal y piensa sólo en el bien
Que así la felicidad un día vendrá
Ahora una canción, canta para mí
No quiero verte tan triste así

Mujer


Mulher pequena - 1992


Música suave - 1980


Não quero ver você triste - 1983


Não se afaste de mim


Noite Feliz


26 de dezembro de 2011

Tristes momentos


Tristes momentos
Roberto Livi - Bebu Silvetti


Tristes momentos yo pasé
Cosas que nunca imaginé
Aquella noche al encontrarte
Revivieron los recuerdos
Porque nunca te olvidé
Estabas linda como un sol
En el más bello atardecer
Pues tu belleza no ha cambiado
El tiempo lo ha acompañado
Eres toda una mujer

Tristes momentos yo pasé
Cuando a tu lado me acerqué
Porque al estar acompañada
Se cruzaron tres miradas
Diciendo no puede ser

Tú sonreiste yo también
Trataba de disimular
Porque sentí que no eras mía
Que otra vez te perdería
Que te irías a marchar

Y es así
Hoy lloro por tu amor, quién sabe tú por mí
La vida me ha enseñado que este amor pasó
Aquí en mi pensamiento no en el corazón

Y es así
Tú sigues tu camino yo me quedo aquí
Yo sé que en la distancia no me olvidarás
Porque este amor es algo para recordar

Tristes momentos yo pasé
Cuando a tu lado me acerqué
Porque al estar acompañada
Se cruzaron tres miradas
Diciendo no puede ser

Y es así
Hoy lloro por tu amor, quién sabe tú por mí
La vida me ha enseñado que este amor pasó
Aquí en mi pensamiento no en el corazón

Y es así
Tú sigues tu camino yo me quedo aquí
Yo sé que en la distancia no me olvidarás
Porque este amor es algo para recordar

Y es así
Hoy lloro por tu amor, quién sabe tú por mí
La vida me ha enseñado que este amor pasó
Aquí en mi pensamiento no en el corazón

Y es así
Tú sigues tu camino yo me quedo aquí
Yo sé que en la distancia no me olvidarás
Porque este amor es algo para recordar

Nunca mas te dejare triste amor (E não vou mais deixar você tão só)


Nunca mas te dejare triste amor (E não vou mais deixar você tão só)
Antônio Marcos (versão: Buddy Mary McCluskey)

Si, la vida entera has esperado un gran amor
Y si es que has llorado sin esperanzas
de encontrar alguien
Debes saberlo mi amor que yo también anduve solo
Y sin tener a quien pudiera yo entregarle mi cariño
Y si en tu calle no crecen flores
todo es tristeza al fin
Y si cada día buscas amor y quieres ser feliz
Debo decirte que mi corazón desea ser feliz
Mi ojos rojos cansados de llorar quieren reir

Ah, por eso fue que decidí
Que no estaré un minuto mas aqui, yo voy
Voy a buscar mi amor, buscar mi amor

Yo nunca tuve amor, amor, amor, ahora tengo aqui
Aquien mi corazón y nunca más voy a quedar tan solo
Y nunca más voy a quedar tan solo amor
Y nunca mas te dejaré tan solo amor

Pobre de quién quiera amarme después de tí (Pobre de quem me tiver depois de você)



Pobre de quién quiera amarme después de tí (Pobre de quem me tiver depois de você)
Roberto Carlos - Erasmo Carlos (versão: Roberto Livi)

Pobre de quien quiera amarme después de ti
Debe imitar tu manera de amar y de ser
Siempre saber lo que quiero
Con el sexto sentido de quien adivina
Darme el amor que yo espero
De la mujer que es mía

Pobre de quien quiera amarme después de ti
Tendrá que ver mis defectos y fingir que no ve
Amarme como yo soy
Soportar estos celos, caprichos manías
Tiene que ser como tú
Todos los días

Tú me enseñas a olvidar que sufrí en el pasado
Tú me ayudas a vivir y a pagar mis pecados
Cuando te enojas conmigo te ves atrevida
Pero te quiero y sin ti es difícil la vida

Pobre de quien quiera amarme después de ti
Me acostumbraste a tu amor y a tu forma de ser
De repente apasionado
Tu hombre, tu dueño, tu niño mimado
Y así quién me puede querer después de ti

Tú me enseñas a olvidar que sufrí en el pasado
Tú me ayudas a vivir y a pagar mis pecados
Cuando te enojas conmigo te ves atrevida
Pero te quiero y sin ti es difícil la vida

Pobre de quien quiera amarme después de ti
Me acostumbraste a tu amor y a tu forma de ser
De repente apasionado
Tu hombre, tu dueño, tu niño mimado
Y así quién me puede querer después de ti
Y así quién me puede querer después de ti
Quién me puede querer después de ti

Aquarela do Brasil


25 de dezembro de 2011

La Vuelta (A Volta)

La Vuelta (A Volta)
Roberto Carlos (Versão: Los Silverstone)

Estoy tratando que vuelvas a mi
para gritar que tu estas en mi
con la ternura de mi gran amor
estoy tratando que vuelvas

Y cada vez que tu piensas en mi
la vida entera te quiero entregar
en cada beso te confesare
que no te puedo olvidar

Grande sera por siempre nuestro amor
aunque el destino quiso separar
y ahora que esta cerca el dia en que tu vendras
el corazón me lo anunció

{Solo}

Grande sera por siempre nuestro amor
aunque el destino quiso separar
y ahora que esta cerca el dia en que tu vendras
el corazón me lo anunció

estoy tratando que vuelvas... a mi
estoy tratando que vuelvas... a mi
estoy tratando que vuelvas... a mi
estoy tratando que vuelvas... a mi…

24 de dezembro de 2011

Las canciones que hiciste para mí (As canções que você fez para mim)



Las canciones que hiciste para mí (As canções que você fez para mim)
Roberto Carlos - Erasmo Carlos (versão: Roberto Livi)

Hoy escucho las canciones
Que hiciste para mí
No sé por qué razón
Todo mudo así
Quedaron las canciones
Pero te fuiste tú

Olvidaste tantas cosas
Que hablamos tú y yo
Esas cosas solamente
Que hubo entre los dos
Yo pienso que tal vez
No las recuerdas más.

Es tan difícil
Mirar eu mundo y ver
Lo poco que existe
Porque sin tí
Mi mundo es diferente
Mi alegría es triste

Cuantas veces me dijiste
Que me amabas tanto
Cuantas veces yo
He secado tu llanto
Y ahora lloro yo y tú no estás aqui

La Nostra Canzone (Nossa Canção)




La Nostra Canzone (Nossa Canção) 1966
Luiz Ayrão (Daniele Pace)

Chiudi gli occhi
Amore mio
È la nostra canzone
Può cantarla
Chi non torna più
È per questo
Puoi cantarla
Solo tu, solo tu

Scusa se
Questa sera
Io la canto per te
Ma se canto
Devo piangere
Il tuo amore
Che nel vento
Se ne va

È troppo tardi
Tornare indietro
Non è più
La stessa cosa
Felicità
Se te ne vai
Rima insiene a lei
Ma lasciami di lei
Questa nostra canzone

Pout Pourri Carinhoso / Coração Vagabundo / Só Louco / Explode Coração


Oh, Oh, Oh, Oh


15 de dezembro de 2011

Roberto & Erasmo - Sentado à Beira do Caminho


Roberto & Erasmo - Sentado à Beira do Caminho - 1980


Si me vas a olvidar


Sua estupidez


Taxista - 1994


Todas as Manhãs - Programa da Xuxa 1991


Todas as Manhãs - 1991


Todas as Manhãs - Clip 1991

Participação especial da bailarina Aurea Hammerlin.


Un gatto nel blu - 1972


Todo mundo me pergunta - 2000


Tolo - 1990


Vivir sin ti - 1989


White Christmas - 1996


Paz na Terra - 1985


Titãs e Roberto Carlos - Pra Dizer Adeus


Grilos - 1972



Grilos - 1972
Roberto Carlos / Erasmo Carlos

Se você passar daquela porta
Você vai ver como é que são as coisas
Como é que estão as coisas

Sei que o mundo pesa muitos quilos
Não me leve a mal se eu lhe pedir
Para cortar os grilos, guardar os grilos
Cortar os grilos, guardar os grilos

Aí então você vai se convencer
Que se o mundo pesa não vai ser de reza
Que você vai viver

Descanse um pouco e amanheça aqui comigo
Sou seu amigo você vai ver

Sail Away (1981)


12 de dezembro de 2011

Mia Signora (Minha senhora)

Mia Signora (Minha senhora)
Roberto Carlos - Erasmo Carlos (Daniele Pace)


Letra não disponível

9 de dezembro de 2011

A "Amada, Amante" de Roberto Carlos

Amada, amante foi lançada em 1971, mas composta durante os anos em que Roberto Carlos vivia um imbróglio para conseguir oficializar seu casamento. Num tempo marcado por guerras, guerrilhas e violência urbana, Roberto Carlos não se conformava com o fato de não poder oficializar o amor que sentia por sua
mulher. E a letra de Amada amante fala exatamente disso:

"Esse amor sem preconceito/ sem saber o que é direito/ faz as suas próprias leis", diz Roberto Carlos, exaltando a subversão das leis que regem o matrimônio.


A canção incomodou e, num primeiro momento, foi proibida pela censura. "Esse é um troço que deixa a gente triste, sem entender. A gente imagina uma coisa, trabalha em cima, sua para concluir a música aí vêm os caras e metem a tesoura, censuram, proíbem, desrespeitam o seu trabalho. Não deveria existir censura nenhuma", protestou na época Erasmo Carlos.


Em Amada amante, ele e Roberto foram mais ousados na abordagem do tema amoroso e pela primeira vez em sua obra usaram a palavra "amor" no sentido de sexo, no verso: "Que manteve acesa a chama/ que não se apagou na cama/ depois que o amor se fez". E foi exata-mente essa referência mais direta à relação sexual o que provocou a interdição da música.

O departamento jurídico da CBS entrou com recurso no órgão de Censura Federal em Brasília e este condicionou a liberação de Amada amante à modificação do trecho que trazia a palavra "cama". Roberto e Erasmo criaram então um novo verso: "que manteve acesa a chama/ da verdade de quem ama/ antes e depois do amor" - que ficou até melhor do que o original. Um outro verso - "e você amada amante/ faz da vida um instante/ ser demais para nós dois" - era uma referência ao fato de Roberto Carlos permanecer pouco tempo em casa para curtir seu amor, mas cabe também como uma luva para o homem casado que não pode ficar todo o tempo com a amante.


No início dos anos 40, a censura do governo de Getúlio Vargas proibiu o uso da palavra "amante" na música popular. Qualquer samba ou marcha carnavalesca que usasse essa expressão era vetada. Na época, a imprensa era advertida até mesmo quando fazia referência a um "amante da arte".

Por força do hábito, mesmo depois do fim da ditadura Vargas os compositores continuaram evitando essa palavra. Vinícius de Moraes esteve perto de usá-la em Minha namorada, parceria com Carlos Lyra. "E
se mais do que minha namorada/ você quer ser minha amada/ mas amada pra valer/ aquela amada pelo amor pre- destinada...". Ou seja, amada, mas não amante. Assim, essa palavra continuou de fora de nossa
música popular até o lançamento da canção de Roberto Carlos.

E, como se estivesse mesmo presa na garganta do povo brasileiro, ela ganhou as ruas no rastro do sucesso de Amada amante, em plena ditadura do governo Medici. O próprio Roberto Carlos ficou surpreso com a grande repercussão de sua música, tanto no Brasil como em toda a América Latina.


Amada, Amante
(Roberto Carlos / Erasmo Carlos)

Esse amor demais antigo
amor demais amigo
que de tanto amor viveu
que manteve acesa a chama
da verdade de quem ama
antes e depois do amor
e você amada amante
faz da vida um instante
ser demais para nós dois
esse amor sem preconceito
sem saber o que é direito
faz a suas próprias leis
que flutua no meu leito
que explode no meu peito
e supera o que já fez
neste mundo desamante
só você amada amante
faz o mundo de nós dois
amada amante

Clique em 'Play' para ouvir "Amada, Amante"

5 de dezembro de 2011

Amore mi sbagliai (Você já me esqueceu)

Amore mi sbagliai (Você já me esqueceu)
Fred Jorge (F. Specchia)



Letra não disponível

La stazione (A estação)

La stazione (A estação) 
Roberto Carlos - Erasmo Carlos (Cristiano Malgioglio)


Letra não disponível

26 de novembro de 2011

Roberto Carlos emociona em encerramento de turnê em São Paulo



Roberto Carlos emocionou ao fazer o show de encerramento de sua turnê em São Paulo, no Ginásio do Ibirapuera, na noite desta sexta-feira (25). Por volta das 22h10, o show começou com a orquestra executando o início da música “Como é Grande o Meu Amor Por Você”.



Em seguida, o Rei da música cantou a música “Emoções” e teve uma pequena conversa com o público. “Que prazer rever vocês. Mais uma vez no ginásio do Ibirapuera. Obrigado por terem vindo. Queria dizer muitas coisas no início deste show, mas meu negocio não é falar não. Meu negocio é cantar”, disse.



Após interpretar a música “Cama e Mesa”, Roberto Carlos mostrou bom humor ao se deparar com um pequeno imprevisto no palco. "Meu microfone quebrou a borracha, o som não está muito bom entre outras coisas, então, vou ter que parar um pouco para conversar enquanto eles arrumam. No máximo, meia hora", disse em tom de brincadeira. Menos de cinco minutos depois, o Rei voltou ao palco animado e cantando “Detalhes” em um clima intimista.





Como já comentado em outros shows, como o realizado no início do mês, o cantor trouxe ao público momentos descontraídos ao falar sobre sexo. Na apresentação, ele também se emocionou ao citar sua mãe, Lady Laura, que faleceu e abril de 2010. A turnê do cantor se encerra neste final de semana, tendo como útlimo show o que será realizado no domingo (27).

O ano de 2011 foi especial para Roberto Carlos. O cantor homenageado como tema de enredo da escola de samba Beija Flor, no Carnaval. Na época, o Rei, inclusive, desfilou no carro alegórico. No mesmo ano, ele também viajou até Jerusalém onde fez uma das mais marcantes apresentações da carreira.



6 de novembro de 2011

Roberto Carlos e estrelas da Globo gravam a vinheta de fim de ano


O cantor foi a sensação da gravação, realizada com todo o elenco da emissora




O elenco da Globo esteve reunido em peso para gravar a mensagem de final de ano. Nunca se viu tanto astro em um mesmo metro quadrado antes. O encontro, que aconteceu neste sábado (5), foi em um dos estúdios da emissora, no Projac, em Jacarepaguá (Rio). Roberto Carlos foi o grande anfitrião, cantando o tradicional Um Novo Tempo, tendo mais de 130 estrelas atrás dele formando um imenso coral. O Rei foi muito aplaudido e tietado por todos os artistas, que estavam vestidos de branco e bege.


E Roberto ainda deu mais uma canja ao cantar parabéns ao ator Lázaro Ramos, o aniversariante deste mês e Emoções à capela.

Atores, jornalistas e humoristas do cast da Globo estavam na gravação da vinheta de fim de ano, que começa a ser exibida no final de novembro.

"Já faz tempo que estou na Globo, fiz várias participações em campanhas de final de ano. Acho que é uma chance de transmitir carinho, paz e amor para quem está em casa; e uma oportunidade de encontrar os amigos. Um momento muito importante", contou Ney Latorraca.



Além destes atores, estiveram na gravação: Juliana Paes, Sophie Charlotte, Grazi Massafera, Cauã Reymond, Kadu Moliterno recebe o carinho de Roberto Carlos, Nivea Maria, Fátima Benardes, Ricardo Pereira, Patrícia Poeta, Cláudia Jimenez, Giovanna Antonelli, Ingrid Guimarães, Regina Duarte, Carolina Ferraz, Marcius Melhem, Evaristo Costa, Renata Vasconcellos, Malu Mader, Glória Maria, Fábio Assunção, Letícia Spiller, Marcelo Antony, Arlete Salles, Marília Pêra, Lilia Cabral, Tarcísio Meira, Juliana Paes, Tony Ramos, Marcelo Serrado, entre outros.

Após a tietagem das celebridades e a gravação da mensagem de final de ano, Roberto Carlos ficou sozinho e gravou uma parte da campanha

1 de novembro de 2011

Een Kopje Koffie (Verde e Amarelo)

Een Kopje Koffie (Verde e Amarelo)
Roberto Carlos e Erasmo Carlos (Versão: Erik van Muiswinkel)



Ik sta op, nog niet wakker
Ik wandel door 't huis als een stakker
Maar ondanks alles haal ik mijn doel op 't gevoel

Ja, ik ben een gebruiker
't Pure spul, dus zonder de suiker
Ik giet 't zwarte goud in een kop
En ik leef weer op

(Eén kopje koffie)

En de markt wordt stabieler
De grote winkels werken als dealer
Een Angolees of Braziliaan levert 't aan

Het bevat cafeïne
Ik loop erop als was 't benzine
Expresso, supra, altijd loodvrij
Dus doet u mij

(Eén kopje koffie)
(Eén kopje koffie)

Over de verzuiling heen
Is er troost voor iedereen
In de uren van nood en ontbering
Neem er nog één

(Eén kopje koffie)
(Eén kopje koffie)
(Eén kopje koffie)
(Eén kopje koffie)

Al die lui op kantoren
Je mag ze in principe niet storen
Maar als de koffiejuffrouw 't wil ligt alles stil

En de school, de fabrieken
De universiteiten, klinieken
Al die tenten drijven, God lof, steeds op

(Eén kopje koffie)
(Eén kopje koffie)

(Eén kopje koffie)

Sterke drank, sigaretten
We slibben langzaam dicht en vervetten
En al relaxend gaan we kapot aan ons genot

Maar ik hou van beschaving
Ik wil een keurig nette verslaving
Na al die jaren weet ik 't wel
En ik bestel

(Eén kopje koffie)
(Eén kopje koffie) Met melk en suiker
(Eén kopje koffie)
(Eén kopje koffie)

Ik ben een gebruiker (Eén kopje koffie)
Ik ben een gebruiker (Eén kopje koffie)
Met melk en suiker (Eén kopje koffie)
(Eén kopje koffie)

Obs: Em 1987, o grupo holandês Vof de Kunst converteu para a língua holandesa a música Verde e amarelo transformando-a em êxito absoluto. Motivado pelo sucesso, o grupo ainda fez uma versão para o inglês com o título One cup of coffee.

15 de outubro de 2011

Come Una Foglia (Folhas de Outono)




Come Una Foglia (Folhas de Outono) - 1968 
Francisco Lara - Jovenil Santos (Daniele Pace)

La foglia cade e l'amore se ne van'
la mia donna non me voglie amare più
lei sta vivendo con un'altro come me
come una foglia che se persa in mezzo al mar'

ho girato tutto il mondo come un vagabondo
ho visto altre donne, nessuna è come lei

ma' inutile sperare
che un giorno tornerà
la donna quando è donna
se dimentica il suo amor'
se dimentica il suo amor'

ho girato tutto il mondo per dimenticare
ho visto altre donne, nessuna è come lei

ma'inutile sperare
che un giorno tornerà
la donna quando è donna
se dimentica il suo amor'
se dimentica il suo amor'

6 de outubro de 2011

Roberto Carlos comenta expectativa pelo desfile da Beija-Flor

Roberto Carlos nunca esteve tão identificado com o Carnaval carioca. O Rei comentou a expectativa para o desfile da Beija-Flor, que irá homenageá-lo, mostrando confiança no que será mostrado no encerramento da segunda-feira de Carnaval.

"Espero que dê tudo certo, que seja tudo lindo. E tenho certeza, pelo trabalho que a Beija Flor fez, que será maravilhoso", afirmou o Rei.

Perguntado sobre o que sabe sobre o enredo e de que forma sua vida será retrada na Avenida, o Rei arriscou. "Eu acho que a Jovem Guarda, a minha casa em Cachoeiro (de Itapemirim), de alguns outros momentos especiais".

5 de outubro de 2011

Il Lento (Música Suave)


Il Lento (Música Suave)
Roberto Carlos - Erasmo Carlos (Sergio Bardotti)

 

 Letra não disponível

4 de outubro de 2011

Ancora Una Volta (Mais uma vez)

Ancora Una Volta (Mais uma vez) 
Maurício Duboc - Carlos Colla (Sergio Bardotti)


 Letra não disponível

Susret (Sentado à beira do caminho)

Susret (Sentado à beira do caminho)
Roberto Carlos - Erasmo Carlos (Versão: Arsen Dedic)

Vec sam grijesila k'o drugi svi
i to se zna
da sam trazila sigurnost
ako pogrijesim i sad

Sto se moze jos promijeniti
nejasna buducnost
sto mi moze dati ovaj cudan susret
jos jednu moju ludost

Moju tugu vide ljudi svi
kad prolaze kraj mene
samo ne vidis je ti
ni suze jedne zene

Sunce silazi na mokro lice
i mali znak je nade
da pojavit ces se jednom
i biti moj za kraj balade

Vec kasnis, pozuri, ja ne postojim
jer ako ne dodjes ne postojim, ne postojim, ne postojim

Tu se vrijeme mijenja i sad ce kisa
ja ustajem i cekam
nije vazno sto ce ljudi reci, nek' odnosi me rijeka
Gledam u nutrinu da procitam, u dusi pise
da sam zena sama i nista, nista vise

Moj dragi vec kasni, ja ne postojim
jer ako ne dodje ne postojim, ne postojim, ne postojim
Svjetla, izlozi, reklame, ceste

ovo sve mijesa se u masi
moja sjenka se umorila od pratnje
kako sporo dan se gasi
Ne preostaje mi nego opet kuci

u one sate puste
citav zivot bih ti dala, vise jos
sto propustas kroz prste
Ti ne razumijes da ne postojim
od danas zauvijek ne postojim, ne postojim, ne postojim

3 de outubro de 2011

Amato Amore (Amada, Amante)

Amato Amore (Amada, Amante)
Roberto Carlos - Erasmo Carlos (A. Mennillo)


Letra não disponível

2 de outubro de 2011

Roberto Carlos faz show no Ginásio Nilson Nelson interpretando as suas canções clássicas




Roberto Carlos tem feito shows no Distrito Federal desde a década de 1970, subindo ao palco em diferentes locais — da Esplanada dos Ministérios ao Estádio Serejão, em Taguatinga. Mas foi no Ginásio Nilson Nelson, que volta a recebê-lo neste sábado (1/10), às 21h30, onde o Rei mais se apresentou. Ali, em outubro de 2009, comemorou os 50 anos de carreira ao lado dos fãs brasilienses. 


O espetáculo que Roberto apresenta desta vez na capital é semelhante ao de Jerusalém, onde cantou para 5 mil pessoas em 7 de setembro, no Sultan’s Pool. A Turnê 2011 será levada, também, a Porto Alegre (dia 15) e São Paulo (de 9 a 11 de novembro). O encerramento ocorrerá no Rio de Janeiro, com cinco shows, entre 1º e 23 de dezembro — sendo um deles, a preços populares, no Maracanãzinho. 


No Nilson Nelson, sob a direção musical do maestro Eduardo Lages, o cantor terá a companhia da orquestra integrada por Tutuca Borba (teclados), Antônio Wanderley (piano), Clécio Fortuna e Aurino Oliveira (sax e flauta), Nahor Oliveira e João Lenhari (trompete), Jorge Berto (trombone), Dedé Marques (percussão), Norival D’Angelo (bateria), Elias Almeida e Paulinho Coelho (guitarras e violões), Dárcio Mário Ract (baixo), Luiz Carlos Ismail, Ana Lúcia Hereinger e Jurema de Cândia (vocais). 


Emoções, um dos maiores hits de seu extenso repertório, vai ser cantado pelo Rei na abertura do show. O roteiro, com 22 músicas, está recheado de canções românticas, como as clássicasDetalhes e Como é grande o meu amor por você; traz aquelas de apelo erótico, do tipo Cama e mesa e Côncavo e convexo; e revive a Jovem Guarda, de onde foi extraída Namoradinha de umamigo meu. 


Amor perfeito e Além do horizonte, que voltaram a ser sucesso nas releituras da cantora de axé Claudia Leitte e da banda pop mineira Jota Quest, também serão cantadas pelo Rei, que evoca sua crença religiosa com Nossa Senhora e Jesus Cristo. Essa última faz parte do ritual de encerramento, durante o qual ele distribui rosas para quem consegue chegar próximo ao palco. 


Fã do cantor desde sempre, a microempresária Carmem Lúcia Adorno de Moraes estará entre as que tentarão levar para casa uma das flores. “Sempre quis guardar uma rosa que o Roberto distribui para os fãs, mas nunca consegui. Desta vez não passa”, acredita. 


Set list 
» Emoções 
» Eu te amo, te amo, te amo 
» Além do horizonte 
» Amor perfeito 
» Cama e mesa 
» Detalhes 
» Desabafo 
» Lady Laura 
» Nossa Senhora 
» Mulher pequena 
» Proposta 
» Concavo e convexo 
» Cavalgada 
» Eu quero apenas 
» É proibido fumar 
» Namoradinha de um amigo meu 
» Quando 
» E por isso estou aqui 
»Jovens tardes de domingo 
» Como é grande o meu amor por você 
» É preciso saber viver 
» Jesus Cristo 

25 de setembro de 2011

Aunque Mal Paguen Ellas



Aunque Mal Paguen Ellas
Federico Mendez

Vicente Fernandez & Roberto Carlos

Tengo que olvidar su amor
si me causa un gran dolor
su cariño me hace daño
es mejor no verla más
no la quiero recordar
para qué vivir soñando

También a mi me paso
yo por ahí tuve un amor
que jugó con mi cariño
todo el alma me partió
con la herida me dejó
se largó sin un motivo

Yo te quiero aconsejar
si lo aceptas como amigo
sigue enfrente tu camino
otro amor puede llegar

Pues bien mi querido amigo
tu consejo está muy bien
pero mientras qué le digo
pero mientras cómo le hago
para olvidar esa mujer

Yo te invito mi amigo
que compartas mi penas
y que toque el mariachi
y cantemos por ellas

Yo te invito mi amigo
que compartas mi penas
y que toque el mariachi
aunque mal paguen ellas

Yo te invito mi amigo
que compartas mi penas
y que toque el mariachi
y cantemos por ellas

Yo te invito mi amigo
que compartas mi penas
y que toque el mariachi
aunque mal paguen ellas


Roberto Carlos faz show emocionante no Mineirinho

Rei Roberto Carlos volta aos palcos do Brasil após show em Jerusalém; local escolhido foi Belo Horizonte -  Roberto Carlos em Belo Horizonte 2011

 
O cantor Roberto Carlos voltou aos palcos do Brasil na noite deste sábado, 24, em Belo Horizonte, Minas Gerais. O Rei Roberto Carlos apresentou show para mais de 14 mil pessoas que lotaram o Ginásio do Mineirinho. O show marca a volta do Rei após o mega show realizado em Jerusalém, Israel. O cantor emocionou a plateia do Mineirinho...

Roberto Carlos estava acompanhado de 16 músicos de uma orquestra de Belo Horizonte. Logo no início do show, o Rei agradeceu o carinho dos mineiros: "É um prazer estar aqui mais uma vez no famoso e maravilhoso Mineirinho. Obrigado". A primeira música para abrir o espetáculo, como de costume, foi "Emoções". O repertório completo do show de Roberto Carlos você confere abaixo. No fim da apresentação ele distribuiu rosas brancas e vermelhas aos fãs.

Vamos à lista das músicas que Roberto Carlos cantou no show no Mineirinho: Eu te amo, te amo, te amo, Além do horizonte, Amor perfeito, Cama e mesa, Detalhes, Desabafo, O portão, Lady Laura, Nossa Senhora, Pensamentos, Mulher pequena, Proposta, Côncavo e convexo, Cavalgada, Como é grande o meu amor por você, É preciso saber viver e fechou o show com Jesus Cristo. O ingresso valeu a pena! 

21 de setembro de 2011

Più grande del mio amore (Maior que o meu amor)

 

Più grande del mio amore (Maior que o meu amor) - 1971
Renato Barros (Daniele Pace)

Più grande del mio amore
il desiderio di dirti che non ti amo
che non ti voglio, non ti cerco i non ti chiamo
nell'ora triste del tramonto senza te

quando son solo
io cerco sempre discoprire il tuoi difetto
ma non lo trovo e se mi guardo nello specchio
vedo che piango per la voglia che ho di te, perché

io non sopporto più
de star lontano da te senza speranza
e più di un anno
che son chiuso in una stanza
e non me muovo per dimenticare te

ma se ritornerai
dirò ridendo che ormai non serve più il tuoi amore
la mia paura è che tu capisce il mio dolore
e le mie lacrime nell'ora del addio...

19 de setembro de 2011

Coencidências Musicais

Olá Amigos! Hoje neste artigos iremos apresentar algumas "coincidências musicas" envolvendo algumas canções de Roberto Carlos...

Miguel Gallardo - Hoy Tengo Ganas De Ti
Roberto Carlos - Amigo




Sebastião Braga - Loucuras de amor
Roberto Carlos - O Careta


 
Anna Identici - La Lunga Stagione Dell Amore
Roberto Carlos - Despedida



Yves Montrand - Les Feuilles Mortes
Roberto Carlos - Os seus botões 


Se você prestou atenção, vai notar uma certa similaridade, que muitos poderiam até considerar um plagio na melodia, desta musica aqui, chamada Les Feuilles Mortes, cantada pelo Yves Montrand, no filme “Paris é sempre Paris”, de 1951. A musica em questão foi composta por Jacques Prevert e Joseph Cosma em 194


 David McWilliams - The Days Of Pearly Spencer
Roberto Carlos - Preciso Lhe Encontrar



 Steve Lawrence - Pretty Blue Eyes
Roberto Carlos - Eu Te Adoro Meu Amor



 Pat Boone - I will
Roberto Carlos - Rotina



 Em 2007, o portal Te Contei trazia uma matéria anunciando que o cantor Roberto Carlos estava envolvido em um novo processo judicial por plágio. Assinada por Juliana Carnevalli, a reportagem relatava que neste processo, a justiça examinava a real autoria da canção “Traumas”, lançada pelo cantor em 1971. Com base na Lei do Direito Autoral (Lei 5.988/73), a professora de ensino municipal Erli Cabral Ribeiro Antunes entrou com ação contra o rei na 22ª Vara Cível do Rio de Janeiro. Erli diz ser a verdadeira autora de “Traumas”, que originalmente levaria o nome de “Aquele amor tão grande”, escrita e registrada por ela na Escola Nacional de Música sob o nº 100, em fevereiro de 1971.

De acordo ainda com a matéria da Te Contei,

    “se o caso for confirmado, Roberto e Erasmo Carlos, que também assina a autoria de “Traumas”, teriam agido rápido. Seis meses após o rei ter recebido a fita cassete com a gravação de “Aquele amor tão grande”, a canção, com o novo nome, foi lançada. De acordo com o advogado de Erli, Nehemias Gueiros Jr., especializado em Direito Autoral, Show Business e Direito da Internet, a indenização pode chegar a R$ 1 milhão. É esperar pra ver”.

Não foi a primeira vez, já que o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro julgou que o sucesso “O Careta”, lançado por Roberto Carlos em 1987, realmente tratava-se de um plágio da canção intitulada “Loucuras de Amor”, de autoria do compositor Sebastião Braga.

Embora não caiba a nós, os fãs do trabalho de Roberto julgar, há certas coincidências recorrentes em seus temas musicais. Por exemplo, “A mulher que eu amo”. Presta atenção no início:

 Agora, preste atenção na Introdução da Música 'Goodbye' do grupo Air Supply


  Goodbye - Air Supply
 Roberto Carlos - A Mulher que eu amo



  Outra introdução meio “igual” ocorre na famosa musica 'Cavalgada'. A introdução de Cavalgada do Roberto Carlos, é uma replica perfeita das notas iniciais de Moonlight Sonata, do Beethoven.

Beethoven - Moonlight Sonata
Roberto Carlos - Cavalgada



Confira e deixe seu comentário..

Largo tudo e venho te buscar - 1968



Largo tudo e venho te buscar - 1968
Roberto Carlos

Se você chorar na minha ausência
mande alguém me avisar
não importa onde eu esteja
largo tudo e venho te buscar

Eu só quero ver você sorrindo
até quando eu voltar
mas se eu souber que você chora
largo tudo e venho te buscar

Se você tiver que chorar que seja aqui
para não chorar logo depois que eu partir
sei que a saudade que nós dois vamos sentir
pode me fazer chorar também
mas por favor meu bem

Se voce chorar na minha ausência
mande alguém me avisar
não importa onde eu esteja
largo tudo e venho te buscar (solo)

Se você tiver que chorar que seja aqui
para não chorar logo depois que eu partir
sei que a saudade que nós dois vamos sentir
pode me fazer chorar também
mas por favor meu bem

Se voce chorar na minha ausência
mande alguém me avisar
não importa onde eu esteja
largo tudo e venho te buscar
largo tudo e venho te buscar

18 de setembro de 2011

A verdadeira idade de Roberto Carlos



Para se apresentar em casas noturnas quando ainda era menor de idade, Roberto Carlos  foi emancipado, passou a dizer que tinha dois anos a mais e deixou a história por isso mesmo. Ele está fez 68 anos esse ano e não 70, como os fãs acreditam.

O cantor Roberto Carlos faz aniversário no dia 19 de Abril. Assumidamente, completa 70 anos em 2013. Mas o rei, quem diria, tem dois anos a menos. O texto de uma revista especial, organizada e distribuída pela gravadora do artista em 1971, a CBS (atual Sony), conta pormenores da carreira vitoriosa do cantor até então e traz, no primeiro parágrafo, sua data de nascimento: 19 de abril de 1943 e não de 1941. Logo, Roberto está tem 68 anos.


LadyLaura confirma:

- É verdade. O meu menino não podia ser contratado para cantar em uma casa noturna por ser muito jovem, então foi emancipado, - disse a revista QUEM, Laura Moreira Braga, a Lady Laura, mãe de Roberto.

Estreia Carioca

Lady Laura se refere ao emprego conseguido por Roberto na extinta Boate Plazza, em Copacabana, no Rio. Para se apresentar à noite, aos 16 anos, ele teria de estar acompanhado por um dos responsáveis.

- Foi Carlos Imperial (produtor, apresentador e produtor) quem providenciou a documentação e Roberto passou a dizer que tinha 18 anos. Como a carreira explodiu, manteve assim. Ele sempre achou que não se mexe em time que está ganhando e também não liga para essas coisas de idade, - conta um antigo amigo da família Braga.

E parece não ligar mesmo, tanto que comemora a idade nova com a simplicidade de sempre: missa na capela particular que mantém no terreno do seu estúdio na Urca, Rio, seguida de jantar para a família e amigos íntimos em sua cobertura, no mesmo bairro.

- O envelhecimento é um problema pessoal, é um estado de espírito, - ele declarou, em entrevista a uma publicação, em 1970, já demonstrando não se importar mesmo com esses detalhes tão pequenos.

-------------------------------------------------------------------------------

Uma publicação do início da década de 70 sobre Roberto Carlos mostra que o cantor não tem os 70 anos:

Uma revista especial, organizada e distribuída pela gravadora do artista em 1971, a CBS (atual Sony), conta tudo sobre a carreira e a vida pessoal de Roberto Carlos até ali e o que chama logo a atenção é a data de nascimento do cantor: 19 de abril de 1943 e não de 1941. Na publicação, todos os acontecimentos da vida do Rei são pontuados por datas e idades, como, por exemplo: a estréia do cantor na TV Record, no programa Jovem Guarda, foi em 1965, quando ele tinha 22 anos.

17 de setembro de 2011

Bajo los caracoles de tus cabellos (Debaixo dos caracóis dos seus cabelos)


Bajo los caracoles de tus cabellos (Debaixo dos caracóis dos seus cabelos)
Roberto Carlos e Erasmo Carlos (Versão: Ivan)

La dulce arena blanca
tus pies quiera tocar
y va mojar tus cabellos
el agua azul del mar

Las puertas de pronto se abrirán
para verte llegar
pero al entrar en casa,
sonriendo lloraras

Y bajo los caracoles de tus cabellos
una historia que contar
de un mundo tan distante
Y bajo los caracoles de tus cabellos
una duda y el deseo de tomarte
un solo instante

Las luces, el colorido
que dejas en el pasado
las calles que has recorrido
las gentes que has amado

Tú juegas a todo ó nada
te acercas y te alejas
Te cruzas en mi camino
y me tomas y me dejas

Y bajo los caracoles de tus cabellos
una historia que contar
de un mundo tan distante
Y bajo los caracoles de tus cabellos
una duda y el deseo de tomarte
un solo instante

La tarde esta en tus ojos
en tu mirada triste
Por que has llegado hoy
Y ayer por que te fuiste

Un día te quedaras,
por fin con nuestra gente, pisando la arena blanca,
conmigo para siempre

Y bajo los caracoles de tus cabellos
una historia que contar
de un mundo tan distante
Y bajo los caracoles de tus cabellos
una duda y el deseo de tomarte
un solo instante

'Amigo' e 'Fé' - 1978

Las curvas de la carretera de Santos (As curvas da estrada de Santos)


Las curvas de la carretera de Santos (As curvas da estrada de Santos)
Roberto Carlos - Erasmo Carlos (versão HenryRoss)

Se pretendes tú, saber quien soy yo
te puedo yo decir
dentro de mi auto por la calles de Santos
e tu te vas a conocerme
Tu vas a pensar que yo no gusto tan poco de mí
y que en la mi edad solo la velocidad
anda cerca a mi...

Siempre estoy solo
y en mi camino
el tiempo es cada vez menor
necesito ayuda
te pido ayúdame

yo vivo muy solo
Pero se en una curva yo me acuerdo de mi mundo
piso más a fondo
corrijo en un segundo
no puedo parar

Yo prefiero las curvas de la carretera de Santos
donde intento olvidar
un amor que tuve y vi por el espejo
en la distancia se alejar

pero se el amor que tuve un dia yo pueda encontrar
las curvas se acaban
y por la carretera de Santos yo no voy más pasar

no voy más pasar, las curvas se acaban
y por la carretera de Santos yo no voy más pasar...

A viagem musical de Erasmo Carlos


Artigo de Aramis Millarch originalmente publicado em 31 de janeiro de 1987

Ao contrário de seu fiel amigo e parceiro Roberto Carlos, Erasmo Carlos (Erasmo Esteves, RJ, 5/6/1941) - o "Tremendão" da Jovem Guarda dificilmente conhecerá a glória de vender um milhão de cópias. Seu público é reduzido, embora ele se mantenha no mercado, satisfatoriamente, há tanto tempo quanto o "Rei".

Enquanto o novo disco de Roberto Carlos (CBS, dezembro/86), já passou das 1.500.000 cópias vendidas, o elepê anual de Erasmo Carlos ("Abra Seus Olhos", Polydor/Polygram, novembro/86) ainda engatinha em vendas - mas teve boa acolhida.

Justiça seja feita: ao contrário de Roberto, Erasmo inova em seus discos. Sem fugir do romantismo, de uma linha muitas vezes irônica, busca sempre novos espaços - a começar pela própria capa de cada disco (ao contrário de Roberto, cujos discos se confundem pela mesmice interna e externa).

Na verdade, a produção deste "Abra Seus Olhos", 24º lp de Erasmo Carlos, envolveu dois extremos. De um lado, a experiência nova de Erasmo ir compondo as músicas enquanto entrava em estúdio; de outro, a retomada de ritmos há muito abandonados. Resultado: Erasmo define este disco como "uma verdadeira viagem rítmica com samba, funk e outros ritmos que não visitava há algum tempo". São 12 faixas - sete em dupla com Roberto Carlos - e cinco de amigos como Paulinho Soledade, Luis Sérgio Carlini, Ed Wilson, Ronaldo Bastos, João Augusto, Nico Rezende e Ronaldo Santos.

Há um clima de descontração no disco - ao contrário do trágico "Buraco Negro", feito há 2 anos, quando Erasmo vivia um drama conjugal, a tentativa de suicídio de sua ex-esposa, Narinha, e até acusações de seu envolvimento amoroso com o travesti Roberta Close (a quem dedicou uma música).

Erasmo é bom no humor, sabendo aproveitar temas simples - como faz em "O Resto é Blá, Blá, Blá" - parceria com Roberto - ou "Rádio Patroa", um rock de Luiz Carlini. O grupo Roupa Nova valoriza "Na Próxima Atração", balada de Ed Wilson/Ronaldo Bastos. "Tantas Noites", música que seria para comemorar seus 15 anos de casamento (2 de julho) com Narinha. Junto com Roberto fez um "radical bolero" que se chamava originalmente "Dois de Julho". Mas como seria muita bandeira, mudou o nome e o arranjo de Jorjão Barreto transportou-o para o soul romântico.

Leila Pinheiro, a afinada cantora paraense, tem uma participação especial no "Samba Rock", uma música de Billy Moore, Simpson e Johnny Brandford que, em 1975, fez sucesso nas vozes de "Os Cariocas". Inspirado nos Cariocas, Erasmo fez a sua versão, promovendo na harmonia o casamento da guitarra com o violão. A guitarra, no caso, é de Marcelo Sussekind e o violão é de Roberto Menescal. Além de Menescal e Sussekind, e Leila Pinheiro, um outro convidado especial: o trombonista Raulzinho.

Dentro das participações especiais, mais uma presença: Eduardo Dusek, fazendo vocalises em "Análise Descontraída", música que Erasmo e Roberto fizeram em 1975. Só que para esta regravação, Erasmo fez mais uma estrofe e a transformou de rock original num tremendo funk. E a letra ganhou, assim, um apelo-denúncia-ecológico e político ao final:

"Morro sem entender porque Chernobyl
Não serve de exemplo às "Angras" do Brasil
E porque que debaixo do mesmo céu azul
Não convivem em paz
Brancos e negros na África do Sul"

Compartilhe com seus amigos!

Related Posts with Thumbnails